Com novo percurso, Maratona de Salvador abre inscrições

esportes
06.05.2019, 12:30:34
Atualizado: 06.05.2019, 14:20:24
O prefeito de Salvador, ACM Neto, e o vice-prefeito, Bruno Reis, exibem número de peito da Maratona Salvador 2019 durante lançamento do evento (Mauro Akin Nassor/ CORREIO)

Com novo percurso, Maratona de Salvador abre inscrições

Prova acontecerá no dia 15 de setembro; são quatro opções de modalidades e três kits com preços diferenciados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Na terceira edição da Maratona de Salvador, a brisa do mar será companheira dos corredores durante todo o trajeto. A prova acontecerá no dia 15 de setembro e apresentará novo percurso: 100% na orla. Com largada e chegada no Farol da Barra, a competição tem quatro modalidades. A prova de 42km, que dá nome ao evento, tem retorno em Itapuã. Já quem participar dos 21km dará a volta no Jardim de Alah. 

Os percursos das provas de 5km e 10km não foram alterados e têm retornos na Praça Eliana Kertész (conhecida como a praça das gordinhas), em Ondina, e no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, respectivamente. Ao longo dos trajetos haverá 14 pontos de hidratação, quatro postos médicos e seis ambulâncias, além de atrações musicais ainda não reveladas.

“O grande diferencial é sem sombra de dúvidas o novo percurso, porque vamos ter um percurso plano, reto, sem curvas, o que vai dar uma conotação de velocidade. Os atletas vão melhorar suas performances”, destacou o presidente da Federação Baiana de Atletismo, Og Robson. “Essa prova tem uma altimetria de três metros em relação ao nível do mar na largada e na chegada, o que significa que é uma prova totalmente plana e que não vai ter nenhum aspecto que possa contrariar as normas internacionais. A gente pensa que descer uma ladeira é ótimo, é fácil. Não. Descer uma ladeira correndo é complicado. Você desce o tempo inteiro freando. Subir uma ladeira é mais complicado, porque você sobe fazendo força. Ao correr no plano, você vai ter uma possibilidade de desenvolver totalmente a sua performance dentro da sua realidade", explicou.

Assim como no ano passado, a edição 2019 da Maratona de Salvador oferecerá a maior premiação do país. Ao todo serão distribuídos R$ 165 mil. Os primeiros colocados nas categorias masculina e feminina da maratona receberão R$ 22 mil. O vencedor da meia maratona levará R$ 8.500. O topo do pódio da prova de 10km renderá R$ 5 mil, e o da de 5km, o valor de R$ 1 mil.

Os resultados da prova de 42km são válidos para o Ranking Brasileiro de Maratonas e a expectativa é que o número de inscritos nessa terceira edição supere os 5 mil registrados no ano passado. Em 2017, quando foi lançada, a Maratona de Salvador teve 3 mil participantes. A data da quarta edição, em 2020, já está marcada: 13 de setembro. 

“É um evento que já entrou para o calendário das principais maratonas do Brasil. A cidade ganha muito com isso, porque não apenas estamos hoje nos principais destinos esportivos nacionais, mas também toda a movimentação econômica que isso traz ao longo dos dias que envolvem a maratona. A gente espera este ano mais de 5 mil pessoas participando de todos os cantos do país. Temos prêmios atrativos a grandes atletas, de alta performance, e tenho certeza que esse terceiro ano vem para consolidar um evento que vem crescendo a cada edição”, afirmou o prefeito ACM Neto. A Maratona de Salvador é uma realização da prefeitura, por intermédio da Empresa Salvador Turismo (Saltur) e da Federação Baiana de Atletismo (FBA).

“Espero, diferente do ano passado, estar bem e em forma para correr. Na semana passada, a convite da turma da Guarda Municipal, nós passamos por um primeiro teste, conseguimos sobreviver a uma corrida que não é fácil e nem simples, e espero que a gente chegue no dia 15 de setembro também em forma e em condições de fazer uma grande maratona”, brincou o prefeito, que correu a Maratona de Salvador em 2017, mas não participou no ano passado porque estava doente.

Na primeira edição da Maratona de Salvador, 30% dos participantes eram de fora da capital baiana. Em 2018, esse percentual subiu para 40% e a prova contou com corredores dos 27 estados brasileiros e de 150 cidades. 

“Esse é um produto que a gente vem investindo. O objetivo é diversificar os eventos pra que a gente tenha uma cidade vibrante durante o ano inteiro. Existe hoje um fenômeno mundial onde cada vez mais as pessoas se deslocam de suas cidades para participarem de corrida de rua, então a intenção é essa mesmo, captar o que a gente chama de ‘maraturista’, essas pessoas que viajam para participarem de corrida de rua. Cada participante desse vem com treinador, com sua família, curte o final de semana na cidade, então para o turismo isso é extraordinário. Eu acho que esse é um produto que ao longo do tempo ele tem potencial para se transformar no terceiro produto da cidade, atrás apenas do Réveillon e do Carnaval. Já lançamos a data da maratona de 2020 com essa intenção de que os atletas possam já se planejar para vir a Salvador”, afirmou o presidente da Saltur, Isaac Edington.

As incrições foram abertas nesta segunda-feira (6) e são feitas através do site www.maratonasalvador.com.br. Os preços variam de acordo com o kit. Pela primeira vez, o participante poderá escolher entre três opções de kits: econômico, básico e completo.

O econômico da direito ao número de peito e custa R$ 59 (5km e 10km) e R$ 79 (21km e 42km). O básico inclui número de peito e camiseta e a inscrição tem o valor de R$ 69 (5km e 10km) e R$ 89 (21km e 42km). Além de camiseta e número de peito, o kit completo é composto também por boné e sacochila: R$ 79 (5km e 10km) e R$ 99 (21km e 42km).

Todos os corredores que completarem a prova receberão medalha personalizada de acordo com a modalidade da qual participou.  O treino oficial acontecerá uma semana antes da prova, dia 7 de setembro, com largada no Parque dos Ventos, na Boca do Rio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas