Conheça filmes e séries de Breno Silveira, cineasta morto aos 58 anos

entretenimento
16.05.2022, 15:25:00
2 Filhos de Francisco conta a história da dupla Zezé Di Camargo & Luciano (divulgação)

Conheça filmes e séries de Breno Silveira, cineasta morto aos 58 anos

Diretor do clássico 2 Filhos de Francisco sofreu um infarto no sábado (14) no set de filmagem do longa Dona Vitória

Sempre lembrado pelo clássico 2 Filhos de Francisco (2005), filme que teve mais de cinco milhões de pagantes no Brasil, o cineasta Breno Silveira, que morreu neste sábado (14), aos 58 anos, vítima de infarto, assina outros trabalhos importantes para a filmografia nacional. Entre eles, as produções Gonzaga: De Pai Para Filho e Entre Irmãs, que foram transformados em minisséries.

Além disso, Silveira é diretor também da série Dom, lançada em 2021 no Amazon Prime Video, com Gabriel Leone no papel tótulo. A segunda temporada de Dom já está rodada mas ainda não tem data de lançamento definida pela plataforma. Silveira sofreu um mal súbito durante o primeiro dia de filmagens do longa Dona Vitória, estrelado por Fernanda Montenegro.

Breno Silveira foi diretor de fotografia de vários filmes, entre eles O homem do ano (2003), de José Henrique Fonseca; Eu tu eles (2000), de Andrucha Waddington; Bufo & Spallanzani (2000), de Flávio Tambellini; Gêmeas (1999), de Andrucha Waddington; Traição (1998), de Arthur Fontes, Cláudio Torres e José Henrique Fonseca; La serva padrona (1998), de Carla Camurati; e Carlota Joaquina (1995), de Carla Camurati

Conheça, a seguir, as produções dirigidas por Breno Silveira:

2 Filhos de Francisco: A História de Zezé di Camargo & Luciano (2005)
Lançada em 2005, a cinebiografia da dupla Zezé di Camargo e Luciano foi um sucesso de bilheteria, com mais de cinco milhões de pagantes. Primeiro longa-metragem dirigido por Silveira, o filme conta a trajetória a dos sertanejos pelo olhar do pai deles, Francisco.
Com: Ângelo Antônio, Dira Paes e Márcio Kieling. Disponível no Globoplay. 

Gonzaga: De Pai Para Filho (2012)
Nesta outra uma cinebiografia, Silveira conta a história do rei do baião, Luiz Gonzaga, e de seu filho, Gonzaguinha. O longa é baseado na biografia Gonzaguinha e Gonzagão, de Regina Echeverria, e, assim como "Entre Irmãs", também virou série.
 Com: Adélio Lima, Chambinho do Acordeon e Land Vieira. Disponível na Netflix e no Globoplay

Entre Irmãs (2017)
Inspirado no livro A Costureira e o Cangaceiro, da autora pernambucana Frances de Pontes Peebles, o filme, que se passa no interior de Pernambuco nos anos 1930, conta a história de duas irmãs órfãs que foram separadas. Uma se casa e se muda para a cidade grande, enquanto outra se junta a um grupo de cangaceiros. O longa foi transformado em uma minissérie de quatro capítulos exibida pela Globo.
Com: Nanda Costa, Marjorie Estiano e Julio Machado.  Disponível no Globoplay

Dom (2021)
A série conta a história verdadeira de Pedro Dom, criminoso chamado pela imprensa de "ladrão fashion" e "assaltante de casas mais procurado do Rio", morto pela polícia em 2005, aos 23 anos.
Com: Gabriel Leone, Flavio Tolezani e Raquel Villar. 1 temporada disponível no Amazon Prime Video. 

1 Contra Todos
Na produção, Cadu é um defensor público preso injustamente ao ser confundido com um traficante de drogas, mas que consegue manter seus ideais durante o cárcere. Com quatro temporadas, a série foi exibida na Fox.
Com: Júlio Andrade, Julia Ianina, Silvio Guindane. Disponível do Star+.

À Beira do Caminho (2012)
Aqui, um caminhoneiro decide deixar sua cidade para atravessar o país –até descobrir um menino em busca do pai escondido em seu caminhão.
Com: Ângelo Antônio, João Miguel, Dira Paes e Vinícius Nascimento. Disponível no Youtube.

Era Uma Vez… (2008)
Nesta trama shakespeariana, o romance de Dé e Nina evoca a história de Romeu e Julieta. O que impede o relacionamento do casal apaixonado é o fosso econômico e social que os separa.
 Com: Thiago Martins, Vitória Frate e Rocco Pitanga. Disponível no Youtube.


 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas