Conheça os campeões do torneio mundial de Aviãozinho de Papel

esportes
16.05.2022, 19:36:00
Sul-coreano Seunghoon Lee levou o título na categoria 'Acrobacia' (Foto: Philipp Carl Riedl/Red Bull Content Pool)

Conheça os campeões do torneio mundial de Aviãozinho de Papel

Campeonato reuniu 61 mil competidores espalhados pelo mundo; veja vídeo

Recorde de inscritos, cerca de 60 países e um show de habilidades. O Hangar-7, em Salzburg, na Áustria, se tornou pista de pousos e decolagens para ‘pilotos’ na decisão internacional do Campeonato Mundial de Aviãozinho de Papel, o Red Bull Paper Wings, no último final de semana. O Brasil esteve presente com um representante em cada categoria, ‘Maior Distância’, ‘Maior Tempo de Voo’ e ‘Acrobacias’, mas quem levou o lugar mais alto no pódio nas modalidades foram dois asiáticos e um europeu.

Com 61 mil inscritos ao longo de 500 eliminatórias pelo mundo, a sexta edição bateu recorde de participantes. Na categoria ‘Maior Tempo de Voo’, o paquistanês Rana Muhammad Usman Saeed também cravou um recorde histórico na competição ao manter por 16,39 segundos o seu aviãozinho no ar ainda na fase de classificação. Na grande decisão, fez 14,86 segundos, quase 2 segundos à frente do segundo colocado, e ficou com o troféu. Pedro Capriotti (19 anos), estudante de engenharia elétrica na Universidade Federal do Paraná, terminou em 17º, sendo o melhor resultado do Brasil no torneio. 

Competição também tem categoria de maior distância

(Foto: Philipp Carl Riedl/ Red Bull Content Pool)

Na modalidade ‘Maior Distância’, Isaac Queiroz (19 anos), aluno de Nutrição na UniFil, fechou em 18º lugar. O título ficou com o sérvio Lazar Krstic, dono de lançamento de 61,11m. Aliás, em 2019, ele havia terminado na segunda posição mundial. “Trabalhei arduamente para isto e, no final, valeu a pena. É uma ótima experiência! Sou competitivo, mas também adoro estar perto de outras pessoas e pude conhecer ainda mais gente desta vez. Estou muito feliz”, disse o vencedor.

Por fim, na categoria ‘Acrobacia’, cujo conceito é utilizar aviões de papel e a criatividade para impressionar os jurados, Nicole Straub (20 anos), estudante de Negócios Digitais na FAE, ficou em 32º lugar. Já o sul-coreano Seunghoon Lee foi consagrado com o título. Vestido com um smoking preto, o asiático apresentou coreografias mágicas aos modelitos que giravam e batiam as asas. E ainda fez um pedido inusitado. “Pratiquei a minha apresentação durante um ano. Convidei a minha namorada para vir comigo à final mundial, e eu lhe disse que se ganhasse, a pediria em casamento, então, deu tudo certo”, afirmou.


Confira, abaixo, o pódio em cada categoria:

  • Distância de voo:

1º- Lazar Krstić (Sérvia), 61.11m

2º- Yicheng Sun (Reino Unido), 57.07m

3º- Abduaziz Omonillaev (Uzbequistão), 54.82m

  • Tempo de Voo:

1º- Rana Muhammad Usman Saeed (Paquistão), 14.86s

2º- Esteban Neira (China), 12.99s

3º- Dimitri Dimitrev (Moldávia), 12.29s

  • Acrobacias:

1º- Seunghoon Lee (Coreia do Sul), 46 pontos

2º- Seng Fatt Beh (Taipe), 42 pontos

3º- Taiga Kimura (Japão), 41 pontos

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas