Conheça revelação do sertanejo que é considerada a nova Marília Mendonça

entretenimento
18.12.2018, 06:00:00
(Foto: Divulgação)

Conheça revelação do sertanejo que é considerada a nova Marília Mendonça

Maria Clara já fez parcerias com artistas como Aldair Playboy, Gabriel Diniz e Jonas Esticado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Considerada uma das revelações do sertanejo deste ano, a cantora e compositora pernambucana  Maria Clara,  19 anos, começa a se aproximar mais do público baiano. Para isso, encarta, hoje, no CORREIO, CD com 19 faixas que reúne canções dela que estouraram nas redes sociais.   

Batizado com o nome da artista, o trabalho inclui canções como Teste de Fidelidade, Cheiro de Amante, Status Que Eu Não Queria,  Medo de Carência e Três Metros Acima do Céu, nos quais ela canta as dores de amor e muita sofrência, apesar da pouca idade. 

 “Eu tô muito feliz com essa parceria com o CORREIO, e tá dando supercerto. Tô recebendo muitas mensagens sobre o CD e a propagranda na televisão. Tô muito feliz com tudo isso, principalemnte porque eu sinto a energia da Bahia de longe. Toda vez que eu vou aí me sinto muito feliz”, conta a moça, que é natural de Ferreiros, na Zona da Mata pernambucana.

Aos sete anos ela já tirava algumas notas do violão que ganhou de seu padrasto  (Foto: Divulgação)

O Começo

Maria Clara começou a investir na sua paixão de infância. Aos  7 anos ela já se arriscava no violão que ganhou do padrasto,  quando tinha apenas 6. Segundo ela, o presente foi o impulso que precisava para focar na sua paixão.   

Com 12 anos, Maria Clara já se aventurava nos barzinhos de sua cidade. Com 14 montou uma banda de forró, mas foi só aos 16 que resolveu investir no sertanejo. O negócio deu tão certo que ela mudou para Recife e precisou ser emancipada pela família para conseguir cumprir o cronograma de viagens e shows. “Eu já gostava muito do sertanejo e quando recebi uma resposta positiva do público foi um sinal para continuar”, disse.

Porém, para seguir seu sonho, Maria Clara  precisou abrir mão de algumas coisas. “Tive de abdicar momentos com meus amigos e familia por causa da rotina e da correria”, lembra. Mas tudo parece ter valido a pena e ela garante que está feliz com tudo que tem acontecido.

Uma das alegrias é ser frequentemente comparada a Marília Mendonça, tanto pela voz marcante quando pelas composições. “Eu acho massa porque, querendo ou não, hoje ela é a número um do sertanejo no país e eu fico muito feliz em ser comparada com uma artista tão grande”, destaca.

Em pouco tempo Maria Clara tem conseguido se projetar no sertanejo nacional e já coleciona parcerias com Aldair Playboy, Gabriel Diniz e Jonas Esticado. Suas grandes referências são também  pessoas com quem ela sonha trabalhar: Anitta, Wesley Safadão, Luan Santana e Simone e Simaria. 

Os singles da garota  colecionam números impressionantes. A música Teste de Fidelidade, lançada há seis meses, já conta com mais de 3 milhões de visualizações no Youtube. Minha Própria Ilusão, lançada há quatro meses, tem mais de um milhão de visualizações, e a recém-lançada Papai do Céu Caprichou já conta com mais de meio milhão de views em  apenas uma semana. 

A jovem ainda lembra que a primeira música que fez sucesso foi Tudo Que Eu Queria, que já soma 11 milhões de visualizações no YouTube.

.

 


*Com orientação da editora Ana Cristina Pereira

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas