Conmebol volta atrás e confirma jogo entre Bahia e Independiente para hoje

esportes
04.05.2021, 10:31:00
Atualizado: 04.05.2021, 11:09:44
(Divulgação/Independiente)

Conmebol volta atrás e confirma jogo entre Bahia e Independiente para hoje

Partida chegou a ser adiada após parte da delegação argentina não ser liberada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Horas depois de anunciar o adiamento da partida entre Bahia e Independiente, a Conmebol recuou e confirmou que o jogo vai acontecer na noite desta terça-feira (4). A partida é válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Sul-America e será às 19h15, em Pituaçu.

Na madrugada, a Conmebol informou que a partida ia ser adiada para quarta. A mudança foi anunciada depois que a delegacção do Independiente teve um problema na chega a Salvador, com jogadores e membros da comissão testando positivo para a covid-19. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) chegou a impedir a entrada da delegação no país por conta disso.

Ainda na madrugada, parte do grupo foi liberada e foi para o hotel, mas o grupo que testou positivo ficou retido. Eles devem voltar para a Argentina, não participando do jogo. Segundo o Olé, os desfalques são Juan Manuel Insaurralde, Adrián Arreguí, Pablo Hernandez, Renzo Bacchia, Gonzalo Asís, Thomas Ortega, Nicolás Messiniti e Lucas 'Saltita' González.

O regulamento da Conmebol determina que cabe às autoridades de saúed de cada país liberar a entrada do clube e cada time deve cuidar da documentação necessária para isso. Na semana em que jogou contra o Montevideo City Torque, no Uruguai, a delegação do Bahia fez novo exame no aeroporto, foi proibida de sair do hotel e não teve vestiário na partida.

O Independiente diz que todos os jogadores passaram por testes para detectar covid-19 antes de sair da Argentina. O clube diz que uma pessoa recuperada da covid continua sendo detectada no PCR por algum tempo e que apresentou estudos médicos à Conmebol, que liberou os atletas a viajar e jogar. "Apesar de ter sido muito prejudicado pela negligência das autoridades sanitárias da Bahia, o Independiente pediu para manter a programação pensando no exigente calendário que temos pela frente", informou o time nas redes sociais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas