Douglas completará 100 jogos pelo Bahia contra o Palmeiras

e.c. bahia
13.11.2019, 15:46:00
Atualizado: 13.11.2019, 16:32:07
Douglas falou sobre o momento do Bahia no Brasileirão (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Douglas completará 100 jogos pelo Bahia contra o Palmeiras

Goleiro comemora a marca, mas lembra que o tricolor precisa voltar a vencer

Apesar do momento turbulento do Bahia no Campeonato Brasileiro, o duelo contra o Palmeiras, domingo (17), às 16h, na Fonte Nova, vai ter um gosto especial para pelo menos um jogador. No clube desde a temporada passada, o goleiro Douglas vai completar o seu jogo de número 100 com a camisa tricolor.

“Marca muito importante para a minha carreira. É o clube que mais partidas eu defendi. Para mim, é importante porque sempre tive esse desejo de passar pelos clubes e deixar um legado, uma história bonita, fazer uma história. Acredito que, não só por essa marca, mas pelo que tenho vivido nesses 100 jogos no Bahia, eu me alegro de atingir essa marca em um clube como o Bahia”, afirmou o goleiro.

"Não consigo definir esses quase dois anos em um momento. Vivi vários momentos dentro de campo, de fazer parte desse processo de devolver esse orgulho para a torcida, de conhecer a história do clube, a história de vários funcionários que estão aqui e que já partiram, que vincularam sua história ao clube. O que posso dizer é que, recordando tudo o que passei aqui no Bahia, de altos e baixos, foram dias maravilhosos e que vou recordar e levar para toda a minha vida e vou passar para todas as gerações da família Friederich", continuou Douglas.

Apesar da alegria pela marca alcançada, Douglas tem claro que o time precisa vencer o Palmeiras para se livrar do jejum de seis jogos sem vitórias na Série A. Já são cinco partidas sem vencer como mandante.

"Falando do nosso momento, não é só a torcida que está chateada, por mais que ela pense que a gente deixou de se empenhar ou de fazer algo. Não, a gente tem se empenhado, se dedicado, sofrido por essa perda de rendimento, por esses jogos que temos tido percentual de acertos menor, de erros maior, e, por consequência, temos tido irregularidade dentro das partidas, que leva a resultados ruins. A gente continua confiante internamente, mesmo com a desconfiança da torcida, que é normal, que a gente entende, porque criou uma expectativa grande", analisou.

O time chegou a ocupar o G6 do Brasileirão e ainda está na briga por vaga na Libertadores, porém agora a seis pontos do Internacional, último clube na zona de classificação atualmente. "Cabe a nós sustentar, defender essa torcida que nos cobra, que nos pressiona, mas que também nos trouxe aqui, nos apoiou. E a gente tem certeza de que, quando os resultados vierem, eles vão se animar e nos apoiar de maneira mais efetiva", acredita Douglas.

"Nosso desejo é aproveitar a oportunidade que temos domingo. Não podemos trazer um peso maior do que o que passou. Temos que segurar o peso de enfrentar o Palmeiras em nossa casa e ter desejo de vencê-los, sabendo que temos a capacidade, porque já enfrentamos o Palmeiras e outras equipes tão grandes quanto", finalizou.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-deixa-delegacia-e-volta-atacar-publico-lgbt-na-porta-de-unidade/
Na madrugada, Edson Macedo invadiu bar Caras e Bocas, destruiu local e agrediu clientes e artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/triste-sina-da-mulher-ketchup-8-anos-depois-erenildes-aguiar-enfrenta-depressao/
Sem a fama de antes, arrependida e com doença severa, Erenildes vive de remédios e trancada dentro de casa
Ler Mais