Convocado por Tite, Fagner teve passagem relâmpago no Vitória

e.c. vitória
16.05.2018, 05:00:00
Atualizado: 16.05.2018, 12:35:05
Fagner em ação pela seleção brasileira. Aos 28 anos, jogador é um dos convocados do Brasil para tentar o hexa na Copa do Mundo, na Rússia (Foto: Mauro Horita/Mowa Press)

Convocado por Tite, Fagner teve passagem relâmpago no Vitória

Lateral vestiu a camisa do Leão já como profissional, antes de defender o holandês PSV

Um dos nomes mais comentados entre os 23 chamados pelo técnico Tite para disputar a Copa do Mundo de 2018, o lateral direito Fagner é também o único jogador que tem passagem pelo futebol baiano. Verdade que uma passagem relâmpago, mas foi.

O torcedor do Vitória pode não lembrar, mas o jogador que atualmente defende o Corinthians vestiu o vermelho e preto do Leão já como profissional, no início da carreira. Em 2007, Fagner, com apenas 17 anos, foi contratado pelo rubro-negro. O jogador havia chamado atenção após defender o Corinthians no Brasileirão de 2006 e a seleção brasileira no Sul-Americano sub-20 de 2007. Chegou ao Barradão em março, para um período de apenas três meses.

Na ocasião, o jogador tinha deixado o time paulista de maneira conturbada e acertado com o PSV, da Holanda. No entanto, ele era menor de idade e só jogaria na Europa no segundo semestre, quando a janela de transferências reabrisse. Acabou emprestado ao Vitória.

Jorginho Sampaio, que era presidente do clube na época, lembra do caso. “Ele era um jogador de um empresário famoso, o Giuliano Bertolucci, e ele me emprestou o jogador, não tinha renovado o contrato com o Corinthians. Na época Fagner ainda tinha idade de base, o corpo bem franzino, mas já mostrava muita qualidade técnica, jogava muito. Ele chegou a ser inscrito aqui, estava totalmente incorporado ao Vitória e treinava normalmente com o elenco profissional”, conta. Bertolucci havia intermediado a negociação do zagueiro David Luiz do Vitória para o Benfica, em janeiro daquele ano.

Fagner ficou por três meses na Toca do Leão e não chegou a jogar (Foto: Evandro Veiga/ Arquivo CORREIO)

Embora tenha treinado entre os profissionais, Fagner não disputou nenhum jogo pelo clube. Um dos motivos: Apodi. O velocista que hoje atua na Chapecoense era titular absoluto do técnico Givanildo de Oliveira. Alex Santos era o reserva.

Também não havia perspectiva dele ficar por mais tempo. “Já era combinado que, assim que se concretizassem as negociações lá no PSV, ele iria para a Holanda”, explica Sampaio.

Supervisor do Vitória na época e no cargo até hoje, Mário Silva também lembra da passagem de Fagner. “Realmente ele passou aqui por um período curto, treinou na Toca do Leão, mas não chegou a ser aproveitado no time principal”, comenta.

Fagner ficou no rubro-negro entre março e junho de 2007, quando completou 18 anos e, com a abertura da janela de transferências internacionais, foi para o PSV. Depois de uma temporada e meia no clube europeu, voltou ao Brasil em 2009 para defender o Vasco. Ainda passou pelo Wolfsburg, da Alemanha, antes de acertar com o Corinthians, time que defende desde 2014.

Daniel Alves
Foi no clube paulista que Fagner ganhou o status atual. O lateral trabalhou com o técnico Tite e chegou a ser capitão do Corinthians com ele. A confiança no futebol rendeu ao jogador a convocação para a Copa do Mundo, após a lesão de Daniel Alves.

Aos 28 anos e de volta aos treinos após lesão, Fagner só não quer comparação com o baiano que joga no PSG. “A qualidade e a carreira do Daniel Alves não têm comparação, começamos por aí. Não tenho de ser Daniel Alves, tenho de ser Fagner”, avisou.


Relacionadas
Correio.play
Apesar da vibe ruim para as produções de heróis, é possível que Cage volte a aparecer em Jessica Jones
Ler Mais
Os dez deputados federais mais votados do País valerão cerca de R$ 230 milhões
Ler Mais
Acordo temporário suspendeu liminar de proibição até data definida para o mês de novembro
Ler Mais
Harry manteve contato físico com o público na Austrália; veja vídeos que mostram os momentos de lágrimas
Ler Mais
Sauditas imputam a morte de Khashoggi a uma "luta" dentro do consulado
Ler Mais
Esconderijos no bairro do Lobato foram encontrados em operação do Graer e da Polícia Militar
Ler Mais
No Brasil, são mais de 30 milhões de animais vivendo nas ruas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jorge-portugal-da-dicas-para-prova-de-redacao-do-enem-assista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/suspeita-de-mortes-em-maragojipe-fala-sobre-relacao-com-pai-e-marido-das-vitimas/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pai-de-preso-da-lava-jato-e-autuado-por-trabalho-escravo-na-bahia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filme-legalize-ja-celebra-musica-e-amizade-de-marcelo-d2-com-skunk/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/afro-fashion-day-pelourinho-recebe-seletivas-de-modelos/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/samsung-lanca-tablet-focado-em-produtividade-por-r-4299/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/passageira-relata-desespero-e-gritaria-em-aviao-atingido-por-raio/