Corinthians derrota o Ceará e garante vaga na Libertadores

esportes
04.12.2019, 23:57:00
Gustavo no lance em que marcou o gol do Corinthians (Rodrigo Gazzanel /Ag. Corinthians)

Corinthians derrota o Ceará e garante vaga na Libertadores

Timão complicou o time cearense e ajudou o Cruzeiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Corinthians derrotou o Ceará por 1x0, nesta quarta-feira (4), e garantiu matematicamente vaga na Copa Libertadores. Fora de casa, na Arena Castelão lotada, em Fortaleza, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o time paulista não apresentou um grande futebol, mas aproveitou o fato de ter um jogador a mais no segundo tempo por causa da expulsão de Lima e marcou o gol da vitória com o centroavante Gustavo, de cabeça.

O resultado levou o Corinthians para a sétima colocação com 56 pontos, sem a possibilidade de ser alcançado por quem está fora do grupo que vai ao torneio continental em 2020. Os comandados do técnico interino Dyego Coelho se despedem do Brasileirão neste domingo, às 16 horas, contra o Fluminense, na Arena Corinthians.

O Ceará se complicou na luta contra o rebaixamento, pois ocupa o 16.º lugar com 38 pontos, dois a mais do que o Cruzeiro, o 17.º, que jogará nesta quinta-feira contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Desfalcado de Pedrinho e Danilo Avelar, o Corinthians entrou com uma formação mais defensiva, com Ramiro na vaga de Clayson e Boselli no lugar do Gustavo. O Ceará controlou a partida, mas não deu nenhum grande susto em Cássio no primeiro tempo.

O time paulista demonstrava dificuldade na criação das jogadas. Faltava velocidade para fazer a transição da defesa para o ataque e facilitava a marcação adversária. A melhor chance nos 45 minutos iniciais, no entanto, foi dos visitantes. Aos 28, Mateus Vital chutou e Eduardo Brock salvou em cima da linha. O Ceará esboçou pressão na reta final, mas não conseguiu abrir o placar.

Na etapa final, a partida ficou um pouco mais movimentada. Janderson acertou a trave do Ceará logo no início. Os donos da casa foram para cima e reclamaram de pênalti de Fagner em Leandro Carvalho. O árbitro paranaense Rafael Traci acionou o VAR, mas viu um toque na mão do atleta cearense no início da jogada.

O Corinthians ficou com um mais após a expulsão do volante Lima, que cometeu falta dura em Ramiro. Coelho aproveitou a vantagem e tirou o volante para a entrada de Gustavo. Na primeira oportunidade, o centroavante aproveitou cobrança de escanteio e mandou de cabeça para as redes.

O Ceará sentiu o gol, o torcedor começou a ir embora do estádio e muitos não viram a bola no travessão de Boselli nos acréscimos da partida.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas