Coronavírus: plataforma criada por pesquisadores da USP separa fatos de fake news

educamais
07.05.2020, 15:58:52
Atualizado: 07.05.2020, 16:08:06
(Foto: Shutterstock)

Coronavírus: plataforma criada por pesquisadores da USP separa fatos de fake news

Informações falsas dificultam o combate ao novo coronavírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As fake news são notícias falsas compartilhadas, normalmente, pelas redes sociais, que desinformam a população sobre um acontecimento. Nesse momento de preocupação constante e vigilância acerca do novo coronavírus, muitas dessas fake news estão sendo divulgadas dificultando o acesso das pessoas à informação correta.

As notícias falsas sobre o coronavírus interferem no combate à Covid-19. Apesar dos esforços de jornalistas, médicos e cientistas para levarem conhecimento à sociedade, ainda há muita desinformação sobre o assunto. Por isso, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) criaram uma plataforma chamada Covid Verificado, que tem como proposta principal fazer a checagem científica de informações relacionadas à doença causada pelo novo coronavírus.

Covid Verificado
Criado por estudantes do mestrado e doutorado do Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP, o projeto Covid Verificado disponibiliza resposta sobre as principais perguntas a respeito do coronavírus. Além de um site, os pesquisadores também mantêm uma página no Instagram e no Facebook.

No site é possível conferir as principais atualizações sobre novas pesquisas e descobertas relacionadas à doença Covid-19. Os usuários também podem enviar suas perguntas diretamente para os pesquisadores. Com isso, busca-se facilitar a compreensão e aproximar a população de fatos verídicos acerca do vírus. 

Onde ter informações sobre o Coronavírus?
O Ministério da Saúde é o principal órgão no Brasil para passar informações verídicas sobre o Coronavírus. Em um site dedicado ao assunto, o órgão disponibiliza diferentes canais para que a população tenha informações corretas sobre o vírus.

Além do site e das redes sociais, o ministério possui um número de WhatsApp para que a população envie mensagens. Nele, não é possível tirar dúvidas mas, sim, receber e apurar informações sobre a Covid-19. O número é (61) 99289-4640.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas