Corpos dos dois homens mortos por PMs na estação do metrô Bonocô são sepultados

salvador
19.07.2018, 13:07:40
Atualizado: 19.07.2018, 14:25:13
(Foto: Marina Silva/CORREIO)

Corpos dos dois homens mortos por PMs na estação do metrô Bonocô são sepultados

Enterro aconteceu na tarde de quarta-feira (18)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os corpos de Mateus Montenegro Estrela, 23 anos, e George Sá Barreto da Costa, 21, foram sepultados na tarde de quarta-feira (18), depois de serem mortos em uma troca de tiros com policiais militares na Estação do Metrô da Bonocô. As vítimas foram mortas na madrugada desta terça-feira (17), por volta das 23h50.

De acordo com assessoria de comunicação do Departamento de Polícia Técnica (DPT), o corpo de Mateus foi sepultado no Cemitério Bosque da Paz. Já o de George foi enterrado no Cemitério Campo Santo.

Morte
De acordo com a PM, os dois suspeitos começaram a ser perseguidos, pelos policiais, por volta das 23h50, na localidade conhecida como Alto do Cruzeiro, em Cosme de Farias.

Segundo a versão da polícia, uma viatura fazia ronda pela localidade quando os PMs que estavam no veículo se depararam com seis homens armados que atiraram contra os militares. Dois dos homens, que integravam o grupo, tentaram fugir, mas foram alcançados já na Estação do Metrô da Bonocô, onde houve a troca de tiros. 

No momento do crime, não havia movimento de passageiros da estação já que elas fecham às 23h. Em nota, a concessionária informou que nenhum usuário ou colaborador ficou ferido

Histórico
Segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Mateus era líder do tráfico da facção criminosa Comando da Paz que comanda a localidade Alto do Cruzeiro. 

"Guarnições do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cosme de Farias), às 23h20, faziam rondas, no Alto do Cruzeiro, quando um grupo armado reagiu atirando. Mateus e outro criminoso apelidado de 'Parrudo' correram, na direção, de uma das passarelas da Avenida Bonocô. Neste ponto a dupla foi atingida e tentou se esconder, na estação de metrô", afirmou a SSP-BA, em nota.

Ainda segundo o órgão, os criminosos foram localizados, socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram. Com eles, os PMs apreenderam uma pistola calibre 9mm (uso restrito), um revólver calibre 38 e munições.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas