Coutinho defende volta de Fernandinho à seleção: 'Líder do grupo'

esportes
24.06.2019, 19:13:00
Atualizado: 24.06.2019, 19:34:17
Com proteção no joelho, Fernandinho treinou no CT do Grêmio e vai para o jogo das quartas de final (Foto: Lucas Figueiredo/CBF )

Coutinho defende volta de Fernandinho à seleção: 'Líder do grupo'

Fernandinho voltou a treinar e vai ser titular no duelo nas quartas de final

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A presença do volante Fernandinho como titular da seleção brasileira na próxima quinta-feira (27), pelas quartas de final da Copa América, ganhou o apoio de um importante colega de time. O meia Philippe Coutinho, do Barcelona, disse nesta segunda-feira, em entrevista coletiva em Porto Alegre, que, apesar das críticas recebidas pela torcida, o jogador é querido pelo grupo e, por ter feito uma grande temporada no Manchester City, será um substituto à altura para Casemiro.

Fernandinho deve ganhar a vaga, pois o titular está suspenso pelo segundo cartão amarelo. A mesma troca precisou ser feita no duelo das quartas de final da Copa do Mundo do ano passado, o jogo contra a Bélgica, em Kazan, quando o volante marcou um gol contra. Xingado pela torcida nas redes sociais, Fernandinho passou meses sem ser convocado para a seleção brasileira, até ganhar chance na lista para a Copa América.

"Ele é um grande jogador, líder do nosso grupo. Na hora da derrota sempre se procura um culpado. O futebol é coletivo. O Fernandinho já provou bastante coisa na carreira, fez uma boa temporada, foi campeão inglês. Se ele for escolhido, certamente vai nos ajudar bastante dentro de campo", disse Coutinho, autor de dois gols nesta Copa América e que conversou com os jornalistas depois do treino da equipe, na Arena Grêmio.

Destaque do Manchester City, Fernandinho é o único jogador da atual seleção brasileira que foi titular na derrota por 7x1 para a Alemanha, pela semifinal da Copa do Mundo de 2014. Pela presença nas duas últimas eliminações do Brasil em Mundiais, o jogador ganhou a fama de azarado entre a torcida. Mas para Tite, a escolha por ele como substituto de Casemiro indica a confiança da comissão técnica e do grupo.

O meia do Barcelona afirmou que nesta segunda-feira a equipe apoia Fernandinho e vê nele a capacidade de manter o nível das atuações da equipe mesmo depois de perder o titular, Casemiro. "Fernandinho é um líder dentro do grupo. Ele está sempre falando, fazendo coisa importantes. É uma figura importante para nós", comentou Coutinho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas