Criança de 9 anos pede tratamento dentário para o Papai Noel em cartinha

brasil
06.12.2021, 13:44:00
(Arquivo Pessoal)

Criança de 9 anos pede tratamento dentário para o Papai Noel em cartinha

Ele quebrou os dois dentes da frente após cair com a boca no chão

O pequeno Carlos Emanuel, de 9 anos, já garantiu seu presente de Natal deste ano, em uma história que comoveu a internet. Morador da cidade de Vianópolis, na região central de Goiás, o garoto pediu ao Papai Noel não uma bola, uma bicicleta, ou um celular, mas dentes novos.

Ele quebrou os dois dentes da frente em outubro do ano passado, após escorregar e cair com a boca no chão e, desde então, deixou de sorrir por vergonha. Por isso, sua mãe, Noelma Souza, o incentivou a escrever uma cartinha para o Bom Velhinho.

“Conversamos e sugeri para ele pedir o dentista, ele animou e o ajudei a escrever, pois ele ainda não sabe. Ele chora, tem medo de sorrir e os coleguinhas fazerem piadas. Ele vivia pedindo a gente”, disse ao g1.

Desempregada e dependendo do salário do padrasto da criança, que trabalha como empilhador de cerâmicas, ela tinha dito ao filho que ele só conseguiria os novos dentes quando crescesse e começasse a trabalhar. O pai de Carlos Emanuel morreu quando ele tinha 10 meses de vida.

Mas após escreverem a carta, mãe e filho a levaram para uma loja de materiais para construção da cidade que faz uma campanha de natal todos os anos, na qual desconhecidos apadrinham crianças com presentes de Natal.

Cerca de 15 dias depois de deixarem a carta e, ainda sem respostas, no sábado (4), uma corretora de imóveis que realiza serviços voluntários na cidade, passou pela loja e resolveu fazer uma live em sua rede social mostrando as cartinhas. Um dentista da cidade estava acompanhando a live e entrou em contato para oferecer o tratamento.

Ainda no mesmo dia, a mãe e o garoto foram comunicados do presente e o tratamento dentário deve começar na segunda-feira (6).

“Estou feliz demais. Só Deus sabe. Nunca imaginava. Ele também está muito feliz. Vai voltar a sorrir e não vai ter mais vergonha”, disse a mãe do garoto ao g1.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas