Cuiabá bate o Juventude e abre distância da zona de rebaixamento

esportes
11.09.2021, 19:36:00
Atualizado: 11.09.2021, 19:36:38
Cuiabá, do atacante Clayson, chegou aos 27 pontos na Série A (Foto: Divulgação/Cuiabá)

Cuiabá bate o Juventude e abre distância da zona de rebaixamento

Time do Centro-Oeste completou o quarto jogo sem perder

Em ascensão no Campeonato Brasileiro, o Cuiabá confirmou a boa fase e completou neste sábado quatro jogos sem derrota na competição. Diferentemente das vitórias expressivas contra Palmeiras e Santos, o Cuiabá não jogou bem, mas foi eficiente e cirúrgico para vencer o Juventude por 2 a 1, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). A partida foi válida pela 20ª rodada.

A vitória, construída com gols de Quintero contra no primeiro tempo e Jenison no segundo tempo, levou o Cuiabá à sétima posição, com 28 pontos. O time abre sete pontos da zona de rebaixamento e já começa sonhar com a parte de cima da tabela.

O Juventude volta a perder no Brasileirão depois de cinco derrotas e agora é o 12º, com 24, apenas três a mais do que o América-MG, primeiro time na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, no sábado (18), o Juventude visita o Athletico-PR em Curitiba. O Cuiabá joga na segunda-feira (20) contra o Fluminense, na Arena Pantanal.

O primeiro tempo foi amarrado, com o sistema de marcação do Cuiabá não dando espaços para os jogadores do Juventude. O lado direito ofensivo era a principal opção do time gaúcho com o lateral Paulo Henrique como válvula de escape.

Com mais iniciativa de jogo graças a mais uma boa atuação do volante Guilherme Castilho, o Juventude pecou na parte ofensiva, criando poucas jogadas efetivas de gol. A primeira chance criada saiu somente aos 26 minutos, quando Guilherme Castilho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o zagueiro Quintero cabecear fraco nas mãos de Walter. Depois, Ricardo Bueno tentou mais uma vez, mas também não levou perigo a Walter.

No único contra-ataque que teve no primeiro tempo, o Cuiabá abriu o placar. Aos 46 minutos, Jonathan Cafú cruzou da direita na área e o zagueiro Quintero foi cortar , mas acabou empurrando contra o próprio gol.

O Juventude voltou com Sorriso e Bruninho nas vagas de Dawhan e Wagner, respectivamente. Com mais intensidade, o time gaúcho buscou o empate aos nove minutos. William Matheus tabelou com Sorriso, cruzou na área para Guilherme Castilho entrar chutando sem chance para Walter.

A postura ofensiva do Juventude surtia efeito no segundo tempo e o time gaúcho levava bem mais perigo ao gol de Walter do que no primeiro tempo. O time gaúcho, porém, assim como na primeira etapa, falhou na parte defensiva.

Aos 22 minutos, Uendel cruzou na área, a defesa tirou mal, Rafael Gava ajeitou de cabeça para Jenison dominar e mandar de esquerda para o gol e fazer 2 a 1 para o Cuiabá.

Após o segundo gol, Cuiabá abdicou do jogo e se fechou na defesa A tática deu certo, o Juventude não conseguiu penetrar na área adversária e não conseguiu dar trabalho ao goleiro Walter. No final, o atacante Clayson foi expulso por reclamação com a arbitragem.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas