Curta baiano é selecionado para festival em Los Angeles

entretenimento
17.11.2018, 12:30:00
Atualizado: 17.11.2018, 12:30:45
Cena do curta-metragem 'Tempo', estrelado por Gideon Rosa e Fernando Santana (Foto: Livia Cunha/Divulgação)

Curta baiano é selecionado para festival em Los Angeles

Alzheimer é tema de ‘Tempo’, do cineasta Victor Uchoa, que também é colunista do CORREIO 

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O curta-metragem baiano “Tempo”, do cineasta e jornalista Victor Uchôa, foi selecionado para a mostra competitiva do Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), considerado o maior festival de cinema Brasileiro nos Estados Unidos. Este ano, o evento ocorre entre os dias 16 e 20 de dezembro.

Uchôa, que é colunista da sessão de Esporte do CORREIO, comemorou a indicação na categoria Brazil's Black Cinema Competition, e falou sobre a temática e inspiração para a obra.

"Fico muito feliz por esse filme ser selecionado para festivais como este, porque é a chance de mostramos para um público amplo e diverso algo do cinema que vem sendo produzido na Bahia, onde tem surgido obras de muita qualidade. Esse curta-metragem é uma homenagem póstuma a meu avô, que foi atingido pelo Mal de Alzheimer no fim da vida. É uma espécie de jornada de reconstrução da identidade através do afeto”, explica o realizador, que também já atuou como repórter especial e editor no CORREIO.

Para Uchôa, a temática universal do filme explica a boa recepção em festivais Brasil afora – a obra já foi exibida em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

“O Alzheimer tem isso, ele leva embora a memória da pessoa e atinge todo mundo que está em volta, então é emocionante ver que uma história que pra mim é tão pessoal tem tocado pessoas que não conhecem ninguém da minha família. Porque este é um tema do mundo, assim como o afeto que guia a história, que, por sua vez, é algo que está faltando em todo lugar, especialmente no Brasil”, concluiu ele.

Circulando
Após viajar pelo país – e já com viagem marcada para os Estados Unidos –, o curta finalmente chega à Bahia. Para quem está em Salvador, ‘Tempo’ será exibido na tarde deste domingo (18), na sala 2 do Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha, dentro da programação do XIV Panorama Internacional Coisa de Cinema

Em Los Angeles, o curta de Uchôa vai concorrer com as seguintes produções: Cabelo Bom, de Claudia Alves; Rainha, de Sabrina Fidalgo; Meu Preço, de Hsu Chien; Nosso Sagrado, de Gabriel Barbosa, Fernando Souza e Jorge Santana; e Eu Preciso Destas Palavras Escritas, de Milena Manfredini. 

Para ser produzido, ‘Tempo’ foi aprovado no Edital Setorial do Audiovisual de 2016 e tem apoio financeiro do Estado da Bahia através do Fundo de Cultura, Fundação Cultural do Estado, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

Em outubro o curta participou do 28º Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema, do 16º Curta Santos (SP) e do 2º CineBaru – Mostra Sagarana de Cinema, na cidade de Arinos (MG). 

Made in Bahia
Os atores baianos Gideon Rosa, Fernando Santana e Jussara Mathias estrelam o curta-metragem. No roteiro, também escrito por Uchôa, João (Fernando Santana) interpreta um jovem fotógrafo que, ao voltar para morar em Salvador, encontra o avô Bira (Gideon Rosa) com suas memórias fragmentadas pelo Mal de Alzheimer.

Rodado em 2017 e finalizado em julho deste ano na capital baiana, “Tempo” conta com uma equipe formada inteiramente por profissionais locais.

Tempo, de Victor Uchoa, conta apenas com atores baianos (Imagem: Divulgação)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas