Dana White se irrita e diz que UFC volta antes de outros esportes

esportes
21.03.2020, 16:10:00
Atualizado: 21.03.2020, 18:08:47
Dana White é presidente do AFP (Foto: Jim Watson/AFP)

Dana White se irrita e diz que UFC volta antes de outros esportes

Presidente do UFC insiste em manter eventos da modalidade e xingou a imprensa especializada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A pandemia do coronavírus assola o mundo e tem impacto no esporte. Nunca é demais repetir. Ligas de futebol interrompidas, assim como seletivas para as Olimpíadas que estão programadas para acontecer em Tóquio ainda neste ano - mas enfrenta resistência dos próprios atletas, por exemplo. O UFC não fugiu disso. 

A empresa adiou dois eventos que aconteceriam no fim de março e outro primeira metade de abril. Presidente do Ultimate, Dana White não acredita em um quarto adiamento. O UFC 249 está programado para 18 de abril e será mantido apesar da determinação de não mais acontecer em Nova Iorque, como estava planejado.

"Aqui está a realidade: nós vamos estar de volta e funcionando antes de qualquer outro esporte. Nosso esporte é diferente. Nós temos nossa própria arena aqui do lado (o UFC Apex). Então vamos cumprir todas as lutas para todos os lutadores este ano, e vamos fazer nosso trabalho", garantiu White durante chat com o campeão dos pesos-meio-médios, Kamaru Usman, no Instagram, de acordo com transcrição do site "MMA Junkie".

A operação para realizar eventos, no entanto, não é tão simples quanto simplesmente o querer do dirigente. Por exemplo: responsável pela regulação de eventos de combate em Las Vegas, a Comissão Atlética de Nevada baniu a realização de lutas no estado até a reunião da próxima quarta-feira (25) quando vao discutir novas medidas.

Nos Estados Unidos ainda há restrições de acesso de estrangeiros vindos de países afetados pelo vírus. Para se ter noção, toda a Europa está barrada. White não falou sobre essas dificuldades e atacou a imprensa especializada por tê-lo criticado ao insistir em manter os eventos.

"A mídia pode falar quanta merda quiser. Eles não alimentam famílias. Eles não cuidam de pessoas. Não têm pessoas que contam com eles. Não têm pessoas para apoiar. Estamos fazendo a coisa certa quanto a exames médicos e tudo isso. É o que sempre fazemos. Não é nada de novo. Estamos fazendo essa merda muito antes do coronavírus", afirmou o mandatário.

Dana White ainda afirmou tem mais de 350 funcionários e mesmo na crise decorrente do COVID-19 não demitiu ninguém. O presidente do UFC aproveitou para dizer que os jornalista que cobrem o UFC são "as pessoas mais fracas e bananas na Terra".

"Nós não demitimos ninguém no UFC. E todo lutador que luta para mim vai lutar três vezes este ano. Nossa programação vai seguir. Todo mundo vai ser pago, nós vamos resolver isso, e vamos ser o primeiro esporte a voltar. F***-se essa merda. Tudo vai seguir adiante", disparou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas