Daniel Craig diz que não concorda com a ideia de uma mulher como 007

entretenimento
21.09.2021, 20:53:23
Atualizado: 21.09.2021, 21:02:58
(Reprodução)

Daniel Craig diz que não concorda com a ideia de uma mulher como 007

Ator acha que mulheres merecem papéis originais tão bons quanto Bond

O ator britânico Daniel Craig, que se despede do James Bond no filme "007 - Sem Tempo Para Morrer", defendeu que, após sua saída da franquia, o personagem não deveria ser interpretado por uma mulher, mas explica: "deveria apenas haver papéis melhores para mulheres e atores não-brancos".

Em entrevista à revista Radio Times, Craig levantou a questão sobre a criação de personagens femininos. "Por que uma mulher deveria interpretar James Bond quando deveria haver um papel tão bom quanto o de James Bond, mas feito para uma mulher?”, questionou.

Quando o ator revelou que deixaria o manto de James Bond, fãs começaram sugerir que seria uma boa oportunidade para mudar a etnia ou gênero. Nomes como Idris Elba e Regé-Jean Page foram os mais mencionados. Contudo, a produtora da franquia Barbara Broccoli se apresenta favorável à ideia de Craig. "James Bond pode ser de qualquer etnia, mas ele é um homem", disse em entrevista à Variety no ano passado.

Ela concorda em criar "personagens femininas fortes em vez de pegar um personagem masculino e entregá-lo a uma mulher". 

O filme "007: Sem Tempo Para Morrer" tem previsão de estreia no Brasil para o dia 30 de setembro. O longa é dirigido por Cary Joji Fukunaga.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas