David e mais 39: quem são os brasileiros no Campeonato Ucraniano

esportes
24.02.2022, 15:23:00
David já foi apresentado pelo Metalist (FC Metalist/Divulgação)

David e mais 39: quem são os brasileiros no Campeonato Ucraniano

Brasil tem jogadores na primeira e na segunda divisão do país, incluindo o atacante ex-Vitória e dois ex-Bahia

A invasão da Rússia à Ucrânia, na madrugada desta quinta-feira (24), atingiu o mundo do futebol, e gerou pânico entre os jogadores que atuam no país do Leste Europeu. Essa lista inclui 40 brasileiros, divididos entre a primeira e a segunda divisão do campeonato local.

O Brasil, aliás, é, de longe, o país que mais tem representantes entre os atletas estrangeiros que disputam na elite do futebol ucraniano: 30 ao todo. Segundo o site Transfermarkt, isso representa 30% de um total de 95 jogadores de fora.

O mesmo acontece na segunda divisão, que tem 10 brasileiros. O número corresponde a 43,5% dos 23 atletas estrangeiros na competição.

Entre os 40 jogadores do Brasil no futebol da Ucrânia, há alguns nomes conhecidos do futebol baiano. Como David, revelado pelo Vitória. O atacante foi negociado junto ao Metalist, da Série B local. Apesar de já ter sido anunciado pelo clube e até ter sido titular em amistosos, o jogador de 22 anos ainda pertence ao Leão, já que os trâmites da negociação não foram concluídos.

David, aliás, conseguiu “fugir” do conflito. É que o Metalist está na Turquia fazendo pré-temporada, e voltaria nesta quinta-feira (24) à Ucrânia. Com a invasão da Rússia, o espaço aéreo foi fechado, e os jogadores seguem com destino incerto. O clube tem outros três brasileiros no elenco, incluindo Matheus Peixoto, ex-Bahia.

Também atuam na equipe Mailton, ex-Atlético-MG, e Paulinho Bóia, ex-São Paulo, além do meia equatoriano Cazares, que vestiu a camisa do Galo entre 2016 e 2020.

Matheus Peixoto não é o único ex-Bahia nas divisões do futebol ucraniano. Há ainda o volante Edson, que deixou o Esquadrão no início da atual temporada rumo ao Rukh Lviv. Ele usou as redes sociais para tranquilizar os amigos e familiares.

"Queria dizer que estou bem. A cidade que estou fica distante da capital e fronteiras com a Rússia. Aqui na cidade, por enquanto, as pessoas vivem normalmente, mas a preocupação existe e é evidente como vocês estão vendo...Já estou em contato com o clube, junto com outros estrangeiros, esperando orientações do que devemos fazer de agora em diante, mas estou bem", escreveu, no Instagram.

O clube que tem mais brasileiros no elenco é o Shakhtar Donetsk, com 13, ao todo. Na manhã desta quinta-feira (24), um grupo de jogadores se reuniu em um hotel em Kiev para se proteger. Eles gravaram um vídeo pedindo socorro e ajuda para deixar o país. A embaixada brasileira na cidade trabalha para tentar tirar os cidadãos do país.

Confira a lista de jogadores brasileiros das duas primeiras divisões da Ucrânia:

Primeira divisão

Shakhtar Donetsk

  • Marlon Santos - zagueiro, 26 anos - ex-Fluminense e Sassuolo
  • Vitão - zagueiro, 22 anos - ex-Palmeiras
  • Ismaily - lateral, 32 anos - ex-Braga e seleção brasileira
  • Dodô - lateral, 23 anos - ex-Coritiba
  • Vinicius Tobias - lateral, 18 anos - ex-Internacional
  • Marcos Antônio - meia, 21 anos - ex-Athletico-PR
  • Maycon - meia, 24 anos - ex-Corinthians
  • Alan Patrick - meia, 30 anos - ex-Santos, Palmeiras, Inter e Flamengo
  • David Neres - atacante, 24 anos - ex-São Paulo e Ajax
  • Tetê - atacante, 22 anos - ex-Grêmio
  • Pedrinho - atacante, 23 anos - ex-Corinthians e Benfica
  • Fernando - 22 anos, atacante - ex-Palmeiras e Sporting
  • Júnior Moraes - 34 anos, atacante - ex-Santos e naturalizado ucraniano

Zorya Lugansk

  • Juninho - 26 anos, lateral - ex-Salgueiro
  • Cristian - 22 anos, atacante - ex-Botafogo-PB
  • Guilherme - 18 anos, atacante - ex-Botafogo

Metalist 1925

  • Fabinho - 25 anos, meia - ex-Teresópolis
  • Marlyson - 24 anos, atacante - ex-Madureira
  • Derek - 24 anos, atacante - ex-Figueirense

Dnipro

  • Busanello - 23 anos, lateral - ex-Chapecoense
  • Felipe Pires - 26 anos, atacante - ex-Palmeiras e Fortaleza
  • Bill - 22 anos, atacante - ex-Flamengo

Rukh Lviv

  • Edson - 23 anos, volante - ex-Bahia
  • Talles Brenner - 23 anos, atacante - ex-Fluminense e Vila Nova

Kolos Kovalivka

  • Diego Carioca - 24 anos, atacante - ex-Lajeadense
  • Renan Oliveira - 24 anos, atacante - ex-São Bernardo

Dínamo de Kiev

  • Vitinho - 22 anos, atacante - ex-Athletico-PR

Vorskla

  • Lucas Rangel - 27 anos, zagueiro - ex-Itumbiara

Chornomorets

  • Wanderson - 27 anos, volante - ex-XV de Piracicaba

Inhulets Petrove

  • William - 25 anos, zagueiro - ex-Santa Cruz

Segunda divisão

FC Metalist

  • David - 22 anos, atacante - Vitória
  • Matheus Peixoto - 26 anos, atacante - ex-Bahia e ex-Juventude
  • Mailton - 23 anos, lateral - ex-Atlético-MG
  • Paulinho Bóia - 23 anos, atacante - ex-São Paulo

VPK-Agro

  • Vicente - 25 anos, lateral - ex-Audax
  • Daniel Jesus - 23 anos, volante - ex-Novorizontino

Girnyk-Sport

  • Bruno Ernandes - 22 anos, atacante - ex-Cuiabá
  • Kleber - 22 anos, atacante - ex-Rio Branco-ES

Kryvbas

  • Vagner Gonçalves - 25 anos, atacante - ex-Cercle Brügge

Uzhgorod

  • Jonatan Lima - 30 anos, volante - ex-Novorizontino

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas