Deborah Secco rebate Bolsonaro e afirma que prostituição não pode ser escondida

entretenimento
19.07.2019, 14:00:00
Atualizado: 19.07.2019, 14:15:25

Deborah Secco rebate Bolsonaro e afirma que prostituição não pode ser escondida

Citando Bruna Surfistinha, presidente afirmou que não se pode admitir ativismos

A declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre o filme Bruna Surfistinha fez a atriz Deborah Secco, que protagonizou o longa, se pronunciar neste sexta-feira (19). As declarações da atriz foram feitas um dia depois de Bolsonaro afirmar que não podia admitir que, "com dinheiro público, se façam filmes como o da Bruna Surstinha".

A afirmação foi feita quando ele assinava um decreto que transferiu o Conselho Superior do Cinema, responsável pela formulação da política nacional de audiovisual, do Ministério da Cidadania para a Casa Civil. "Não somos contra essa ou aquela opção, mas o ativismo não podemos permitir em respeito às famílias. É uma coisa que mudou com a chegada do governo", continuou o presidente.

Além de protagonizar o longa, dirigido por Marcus Baldini, Deborah Secco também produziu o filme. Segundo ela, para finalizar as filmagens pôs dinheiro do próprio bolso.  "Fico um pouco chocada com o 'Bruna' ter sido colocado nesse lugar, porque o filme retrata uma história real não só da Raquel, mas de outras milhares de mulheres que se encontram nessa situação. O que a gente queria com o filme era debater e falar sobre como nós, como a população, lida com essa realidade", afirmou Secco em entrevista ao F5. 

(Foto: Divulgação)

A atriz, que está em viagem de férias, disse que usar o cinema como forma de debate é um dos objetivos da arte. "A gente não pode pegar um tema que é existe, que é real –é antigo, porém muito atual–, e esconder e fingir que ele não existe", defendeu, ao dizer que espera que outros temas continuem a ser pautados. "Defendo que a gente possa, cada vez mais falar sobre diversos temas, que a gente traga para luz esses temas, porque não adianta escondê-los", completou.

Ainda segundo Deborah Secco, o filme é motivo de orgulho em sua trajetória, por ter dado a ela uma nova visão sobre a prostituiçã. "A gente queria muito que nenhuma mulher estivesse nessa situação, que nenhuma mulher tivesse que se vender para sobreviver, mas essa não é a realidade do nosso pais, então a gente precisa falar sobre isso, resolver, debater", finalizou.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-em-realidade-virtual-e-contada-em-exposicao-interativa-no-gregorio-de-mattos/
Idealizado pelo cantor baiano Nikima, Auss e Auss XP segue em cartaz até maio
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/barbeiragem-ferry-bate-em-atracadouro-e-assusta-passageiros-veja-video/
Operadora do sistema atribuiu dificuldade em manobra a condições de vento e maré; ninguém se feriu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ensaio-inedito-de-joao-gilberto-e-descoberto-por-pesquisador/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baiana-premiada-pela-onu-lanca-campanha-para-levar-agua-potavel-para-a-africa/
Anna Luísa Beserra Santos criou uma tecnologia social capaz de oferecer tratamento de água seguro e barato
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/seis-anos-depois-denny-volta-aos-palcos-do-festival-de-verao/
Em entrevista ao CORREIO, artista fala sobre o Carnaval e sobre a expectativa de voltar ao evento: ele vai mudar verso de música em homagem ao FV20
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ex-vocalista-do-angra-edu-falaschi-faz-dueto-com-cantor-da-calcinha-preta-em-show/
Daniel Diau participou de show em Recife cantando Bleeding Heart/Agora Estou Sofrendo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ouca-festival-do-olodum-consagra-musica-de-sandoval-melodia-para-o-carnaval-2020/
Canção intitulada Lendárias do Tempo reverencia figuras femininas que marcaram a história
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/de-arrepiar-jovens-percursionistas-fazem-apresentacao-no-centro-historico/
Dança, moda e artes plásticas também fazem parte do Coisas do Sim, do Projeto Axé
Ler Mais