Destaque no sub-23, Gustavo é vendido para time da Coreia do Sul

e.c. bahia
06.07.2020, 16:35:00
Atualizado: 07.07.2020, 18:17:25
Gustavo ganhou destaque atuando pelo time de aspirantes do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Destaque no sub-23, Gustavo é vendido para time da Coreia do Sul

Incheon United pagará R$ 2,2 milhões por 80% dos direitos econômicos do atacante do Bahia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O mercado de atletas do Bahia voltou a ser movimentado. Na tarde desta segunda-feira (6), o tricolor anunciou que o atacante Gustavo, de 23 anos, foi negociado ao Incheon United, da Coreia do Sul. No acordo, o time asiático vai pagar R$ 2,2 milhões por 80% dos direitos econômicos do jogador.

Apelidado de 'Super-Choque' por conta da semelhança física com o herói dos quadrinhos, Gustavo estava no Bahia desde 2019, quando foi contratado para o time de aspirantes depois de se destacar na campanha do rebaixamento do Jequié no Campeonato Baiano.

Em pouco tempo, o atacante virou destaque entre os aspirantes e foi titular na campanha do Bahia que terminou como semifinalista do Brasileirão da categoria no ano passado.

Este ano, Gustavo fez sete jogos pelo time de aspirantes durante o estadual e marcou um gol. Após a paralisação do Baiano e o fim do time sub-23, por causa da crise financeira gerada pela pandemia do novo coronavírus, ele foi integrado ao time de Roger Machado e vinha treinando com o grupo principal.

Gustavo deixa o Bahia sem ter estreado pela equipe principal do tricolor. Descoberto na várzea, ele acumula passagens por Osasco Audax e Nacional-MA e vive agora a expectativa da primeira experiência internacional.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas