Dilemas da cultura estão em destaque no XVII Enecult

entretenimento
26.07.2021, 15:00:00
Jackson Costa e Margareth Menezes participam da estreia do Enecult (Foto: Divulgação)

Dilemas da cultura estão em destaque no XVII Enecult

Evento começa nesta terça-feira (27) com participação de Jackson Costa e Margareth Menezes

Mais de 1,5 mil pesquisadores vão debater os dilemas atuais da cultura a partir desta terça-feira (27), durante o XVII Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. A programação on-line e aberta ao público segue até sexta-feira (30) com foco nas encruzilhadas vividas por esse setor nos últimos tempos. Entre os destaques do evento, está a participação do antropólogo argentino Néstor García Canclini.

A cantora Margareth Menezes e o ator Jackson Costa também fazem parte do evento que inclui 15 mesas coordenadas, apresentações de artigos, mostra audiovisual e lançamento de livros. As transmissões das mesas e das atrações culturais, todas com tradução em libras, serão feitas pelo canal do YouTube (youtube.com/enecult) e página no Facebook (@grupocult).

O cenário de escassez de políticas culturais é o assunto da abertura do evento que acontece nesta terça-feira (27), às 10h. Sob mediação do ator Jackson Costa, a mesa 'A Cultura na encruzilhada' conta com a presença do senador Paulo Rocha (PT/PA), autor da Lei Paulo Gustavo, da cantora Margareth Menezes e da professora Natalia Coimbra, coordenadora do evento. Seguido de debate aberto ao público, o encontro terá participação da deputada federal Benedita da Silva (PT/RJ), autora da Lei Aldir Blanc, e da Orquestra Sinfônica da Bahia.

Já o antropólogo argentino Néstor García Canclini (UAM-México e IEA/USP) discute o tema “A Institucionalidade da Cultura e as Mudanças Socioculturais” na quarta-feira (28), às 19h, ao lado dos pesquisadores Sharine Machado Melo (IEA/USP), Juan Ignacio Brizuela (IEA/USP) e Liliana Sousa e Silva (IEA/USP), sob a mediação de Martin Grossmann (IEA/USP).

A programação do Enecult também conta com três mesas especiais: “Impactos da Covid-19 na Cultura: avaliação da Lei Aldir Blanc”, “Brilho e Resistência – Mesa em homenagem à Baga de Bagaceira” e “Cultura: entre a lida e a vida”. Promovido pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o encontro terá formato online pelo segundo ano consecutivo, em respeito à necessidade de distanciamento social que o momento exige.

Reflexões
Encontro de estudos da cultura mais expressivo do país, o Enecult tem como propósito "contribuir com as reflexões sobre a cultura e seus trabalhadores, as artes, a produção cultural, as políticas culturais, a economia criativa e as mais diversas perspectivas que dialogam com os estudos sobre a cultura", segundo os próprios organizadores.

A partir do tema ‘A cultura na encruzilhada’, o evento contrapõe aquilo que paralisa, desafia e, ao mesmo tempo, abre novos caminhos e possibilidades. "Pensamos o Enecult como um espaço de múltiplas possibilidades, vozes e perspectivas, de ações e práticas e, ao mesmo tempo, de resistência, de defesa da cultura e das pessoas que trabalham e vivem da cultura. Somos também um lugar de afeto e acolhimento, abrindo espaço para discutir questões essenciais de como esse panorama pode ser resolvido”, afirma a professora Natalia Coimbra (UNEB/CULT-UFBA), coordenadora do XVII Enecult.

Entre as novidades desta edição, estão os Diálogos Emergentes que apresentam debates sobre questões contemporâneas, seguidos do lançamento de livros nas três primeiras noites do evento, sempre às 19h. No dia 27/07, às 18h, os professores Albino Rubim (UFBA) e Urbano Sidoncha (UBI, Portugal) coordenam o diálogo de lançamento do livro “Enlaces Culturais Brasil-Portugal” (Coleção CULT/ Edufba). A conversa conta com a participação de Laura Bezerra (UFRB), Rita Aragão (UFBA), Paulo Serra (UBI, Portugal) e Miguel Real (UBI, Portugal). 

Eles lançam os Cadernos de Pesquisa da Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, do Instituto de Estudos Avançados da USP. O objetivo da coleção é compartilhar resultados parciais e anotações de pesquisa ainda em processo de elaboração, possibilitando trocas e debates que possam ter impacto no desenvolvimento final da investigação.

No dia seguinte (29), às 19h, os professores Leonardo Costa (UFBA) e Renata Rocha, coordenadora do CULT-UFBA, participam dos Diálogos Emergentes com o lançamento do livro “Cultura e ciência de dados” (Coleção CULT/ Edufba). A conversa terá a participação dos pesquisadores Leonardo F. Nascimento (UFBA), Lia Calabre (UFF/FCRB/UCAM) e Mayra Juruá (Unicamp).

Além dos debates
Assim como em 2020, o Enecult on-line fará lançamentos de livros através de vídeos enviados pelos autores e autoras, que vão apresentar suas obras. Serão 22 livros com temáticas relacionadas à cultura, já disponíveis no canal do YouTube (youtube.com/enecult). A lista completa dos livros que serão lançados está disponível no site do evento.

A programação cultural inclui também a I Mostra Baga de Bagaceira, concebida em parceria com o Pós-Cultura. A iniciativa contempla os vídeos Narrativas de Brasis, dirigido por Thiago Pondé e Aline Carvalho, e Eating with Young Warhol, de Armando Azvdo. As duas obras poderão ser vistas pelo público no canal do YouTube do Enecult.

Serviço
XVII Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult)
Quando: 27 a 30 de julho de 2021, terça a sexta-feira
Quanto: Gratuito e aberto ao público. Para quem desejar receber certificado, a inscrição pode ser feita até 20 de julho no enecult.ufba.br e custa R$ 20.
Transmissões de mesas online: YouTube (youtube.com/enecult) e Facebook (@grupocult).
Programação: http://www.cult.ufba.br/enecult
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas