Djokovic atropela Gasquet e vai às oitavas de final no US Open

esportes
02.09.2018, 09:23:54
Atualizado: 02.09.2018, 09:27:18
(Foto: AFP)

Djokovic atropela Gasquet e vai às oitavas de final no US Open

Cabeça de chave número 6, Djokovic segue vivo em busca de seu 14 º título de Grand Slam

O sérvio Novak Djokovic não tomou conhecimento do francês Richard Gasquet e garantiu vaga nas oitavas de final do US Open na noite de sábado. Em 2h11min de partida, o ex-número 1 do mundo confirmou o favoritismo e passou pelo adversário por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/3.

Cabeça de chave número 6, Djokovic segue vivo em busca de seu 14 º título de Grand Slam, que seria o terceiro nos Estados Unidos, onde venceu em 2011 e 2015. Já Gasquet, listado como 26.º favorito do torneio, voltou a decepcionar no US Open, onde tem uma semifinal em 2013 como melhor resultado.

No sábado, Djokovic conduziu o confronto com tranquilidade. Ele cometeu quase metade dos erros não forçados de Gasquet - 47 a 25 - e aproveitou cinco das 12 oportunidades de quebra que teve. Por outro lado, cedeu cinco break points ao francês, que não aproveitou nenhum.

Para seguir sonhando com mais um título em Nova York, Djokovic terá que passar nas oitavas pelo português João Sousa. O número 68 do mundo surpreendeu no sábado ao passar pelo cabeça de chave número 17, o francês Lucas Pouille, por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 4/6, 7/6 (7/4) e 7/6 (7/5).

Outro dos favoritos que avançou às oitavas no sábado foi o croata Marin Cilic. Cabeça de chave número 7 da competição, ele teve muita dificuldade, mas eliminou o australiano Alex de Minaur ao vencer por 3 sets a 2, de virada, com parciais de 4/6, 3/6, 6/3, 6/4 e 7/5.

Cilic começou muito mal a partida e permitiu que De Minaur, número 45 do mundo, ficasse muito próximo da vitória. Mas o croata encaixou o saque a partir do terceiro set - terminou com 14 aces - e arrancou para o triunfo ao aproveitar sete dos 27 break points que teve.

Agora, Cilic terá tarefa teoricamente bem mais complicada nas oitavas de final. Ele vai encarar o belga David Goffin, cabeça de chave número 10, que eliminou no sábado o alemão Jan-Lennard Struff por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/1 e 7/6 (7/4).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas