Djokovic bate Del Potro e leva o US Open

esportes
09.09.2018, 21:40:33
Observado por Del Potro, Djokovic levanta troféu de campeão do US Open (Matthew Stockman/AFP)

Djokovic bate Del Potro e leva o US Open

Sérvio venceu argentino por 3 sets a 0 e conquistou seu 14º título de Grand Slam

O sérvio Novak Djokovic, sexto cabeça de chave, conquistou neste domingo (9) o seu terceiro título do US Open ao derrotar na decisão o argentino Juan Martín del Potro, terceiro favorito, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/4) e 6/3.

Com mais essa taça, Djokovic, de 31 anos, alcançou o 14º título de Grand Slam na carreira, igualando o americano Pete Sampras. O sérvio agora fica atrás apenas de Roger Federer, que tem 20, e Rafael Nadal, com 17. Além de ter ganhado em 2011 e 2015 em Flushing Meadows, Djokovic tem seis títulos do Aberto da Austrália, quatro de Wimbledon e um de Roland Garros nas quatro principais competições do tênis. 

A conquista do US Open deste ano renderá ao sérvio um prêmio de US$ 3,8 milhões (R$ 15 milhões). Del Potro, que faturou o torneio em 2009, com o vice, embolsou US$ 1,85 milhão (R$ 7,5 milhões). No Grand Slam de Nova York, Djokovic igualou o número de conquistas do espanhol Rafael Nadal e do alemão Ivan Lendl. E fica atrás apenas de John McEnroe, que tem quatro, além de Roger Federer, Jimmy Connors e Pete Sampras, que possuem cinco títulos

Djokovic chegou para a decisão embalado por 13 sets vencido em sequência e conseguiu impor seu tênis na primeira parcial. Com uma quebra no penúltimo game, fechou em 6/3. Na segunda, deu a impressão de que iria fechar com tranquilidade ao abrir 3 a 1. Del Potro, no entanto, reagiu e devolveu a quebra no sexto game

O sérvio demonstrou irritação ao sofrer o empate e, por pouco, não tomou a virada. O argentino desperdiçou três oportunidades de abrir 5 a 3. Djokovic voltou para o jogo, manteve o serviço e levou o duelo foi para o tie-break. Del Potro errou mais e viu escapar a segunda parcial.

O último set foi equilibrado. Djokovic primeiro conseguiu uma quebra. Del Potro devolveu. Mas o sérvio estava em noite inspirada e conseguiu superar o saque do adversário mais uma vez para garantir o 14º Grand Slam da carreira.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas