Djokovic vence Khachanov e avança para decisão em Abu Dabi

esportes
28.12.2018, 19:13:06
Atualizado: 28.12.2018, 19:17:02
Djokovic ataca bola durante jogo contra Khachanov (Giuseppe Cacace/AFP)

Djokovic vence Khachanov e avança para decisão em Abu Dabi

Sérvio encara o sul-africano Kevin Anderson na final do torneio de exibição

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em clima de revanche, o sérvio Novak Djokovic superou nesta sexta-feira (28) o russo Karen Khachanov em torneio de exibição disputado em Abu Dabi. O número 1 do mundo, derrotado pelo rival na final do Masters 1000 de Paris, derrotou o russo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Ainda exibindo a forma física e técnica que lhe rendeu o topo do ranking na temporada 2018, Djokovic deu poucas chances ao 11º colocado do mundo. O sérvio perdeu o saque apenas uma vez na partida, ainda no set inicial, mas fechou a parcial sem maiores dificuldades. Ao todo, o líder do ranking obteve quatro quebras na partida. 

Djokovic encerrou a temporada com o vice-campeonato do ATP Finals, em novembro, em Londres. Apesar da derrota para o alemão Alexander Zverev na decisão, o sérvio terminou o ano em alta, após os títulos de Wimbledon e do US Open. Além disso, retornou ao topo do ranking.

Com esta boa sequência, o sérvio deve começar a temporada 2019 como o principal candidato aos grandes títulos do ano, a começar pelo Aberto da Austrália, que terá início no dia 14 de janeiro, em Melbourne.

Com a vitória, Djokovic avançou à final da competição, chamada de Mubadala World Tennis Championship. No sábado (29), o sérvio vai duelar com o sul-africano Kevin Anderson, na reedição da final de Wimbledon deste ano. Anderson venceu, de virada, Rafael Nadal - foi o retorno do espanhol às quadras após lesões - por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4. 

Nadal não jogava desde o início de setembro, quando se machucou na semifinal do US Open, em Nova York. Dores no joelho direito tiraram o espanhol daquela partida. Na sequência, ele fez uma cirurgia no tornozelo por conta de uma lesão antiga no local. 

Após fazer tratamento, o espanhol iniciou a pré-temporada neste mês e voltou às quadras nesta sexta, após três meses e meio. Nesta sexta, o espanhol fez duelo equilibrado com o atual vice-campeão de Wimbledon. Somente a segunda parcial mostrou maior domínio de Anderson em quadra. Nadal não demonstrou qualquer sinal de dor e fez boa apresentação, apesar da derrota.

Uma das maiores incógnitas para a nova temporada, o número dois do mundo vai voltar às quadras, desta vez oficialmente, no Torneio de Brisbane. A competição australiana, de nível ATP 250, terá início no dia 31 deste mês. Na sequência, ele participará de outra exibição, em Sydney.

O torneio seguinte será o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada. A competição em Melbourne vai começar no dia 14 de janeiro.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas