Dona de salão é morta a tiros, e ex-marido é preso em Ipirá

bahia
17.01.2022, 13:00:00
(Reprodução)

Dona de salão é morta a tiros, e ex-marido é preso em Ipirá

Ele já era suspeito de ter ateado fogo a antigo salão dela

Uma mulher de 40 anos foi morta a tiros na manhã desta segunda-feira (17), na cidade de Ipirá. O principal suspeito pelo crime é o ex-marido dela, que foi preso pela Polícia Militar.

Alessandra Souza Rios estava chegando em casa com as duas filhas do ex-casal quando foi surpreendida pelo ex-marido. O homem, que não teve nome divulgado, já era suspeito de ter ateado fogo a um salão de beleza de Alessandra, que tinha medida protetiva contra ele.

A mulher chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas já chegou sem vida. O suspeito fugiu, mas foi preso pouco depois pela Polícia Militar e levado para a delegacia.

Alessandra trabalhava como cabeleireira. Em junho do ano passado, o salão dela foi queimado em um ataque criminoso que era investigado pela polícia. Ela reabriu o salão meses depois, com ajuda de familiares e amigos. 

O prefeito de Ipirá, Dudy (PSD), usou as redes sociais para lamentar o feminicídio. “É com grande tristeza que recebo a notícia da morte da amiga Alessandra Souza Rios, conhecida carinhosamente por todos como Sandra do Salão. Neste momento de dor e revolta, me uno aos amigos e familiares para transmitir minhas condolências, pedindo a Deus que conforte o coração de todos”, diz a mensagem. 

A Polícia Civil diz que o caso é investigado pela delegacia da cidade. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas