Dupla Ba-Vi terá um fim de ano com os pés no chão: nada de exageros

herbem gramacho
06.12.2018, 05:00:00
Atualizado: 06.12.2018, 11:10:15

Dupla Ba-Vi terá um fim de ano com os pés no chão: nada de exageros

Fim de ano chegando e a expectativa dos dois maiores clubes baianos para o Natal é semelhante ao do trabalhador brasileiro: nada de cometer exageros, pois dinheiro não dá em árvore. Apesar de Bahia e Vitória apresentarem projeções financeiras distintas para o ano que vem, por causa do rebaixamento rubro-negro, os rivais têm em comum a indefinição em relação às receitas de 2019.

O principal nó passa pela maior fonte, que é a venda dos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro. O Bahia, apesar de prever incremento de cerca de 10% no orçamento para o ano que vem - segundo afirmações recentes do presidente Guilherme Bellintani -, ainda não tem o pássaro na mão. 

Pelo contrário: o tricolor não tem contrato de TV aberta nem de pay per view assinado. E a negociação com a Globo tem se arrastado ao longo do ano. A única janela preenchida é a de TV fechada, com o Esporte Interativo, cujos canais deixaram de existir, mas a verba está garantida, assim como a transmissão nos canais Space e TNT, sem tradição futebolística, o que desagrada a cúpula tricolor. 

No Vitória, o tema também gera preocupação, embora por outro viés. É que o rebaixamento à Série B implica em redução considerável (ainda não se sabe quanto) da verba de direitos televisivos. Pelo modelo vigente até então, a queda financeira só era sentida por um clube no segundo ano após o rebaixamento, ou seja, se não subisse de imediato. Agora, isso acabou. O que significa dizer que o Vitória versão 2019 será um clube com capacidade de investimento mais modesta e, exatamente por isso, a margem de erro da diretoria em suas escolhas terá que ser menor do que foi em 2018 - o que é óbvio, mas não custa lembrar.

O baque pode fazer diferença no Campeonato Baiano e na Copa do Nordeste – competições que terão início daqui a 40 e 44 dias, respectivamente - se o Vitória adotar a política de terra arrasada e acreditar que ninguém deste ano presta mais para o clube. Não é o caso. Avaliar criteriosamente o elenco que tem em mãos é a tarefa mais crucial que a diretoria de futebol e o futuro treinador têm pela frente.

Essa etapa tem repercussão direta na seguinte, que é a das contratações. Aí o Vitória precisa ser cirúrgico, principalmente no setor mais carente do time há anos, que é a defesa, e na posição mais difícil de solucionar no futebol brasileiro, a de centroavante.

Caixa
Não é só a receita dos direitos de transmissão que pode impactar o ano novo da dupla Ba-Vi. O patrocínio da Caixa também é uma incógnita, já que haverá mudança no governo federal, e o presidente eleito, Jair Bolsonaro, ainda não abordou o tema. Como Bolsonaro adiantou que o banco não será privatizado em seu mandato, resta saber se a estatal manterá a estratégia de patrocínio ao futebol. 

Nesse ponto, não só Bahia e Vitória estão envolvidos. Eventual reestruturação englobaria o futebol brasileiro como um todo, já que o banco foi o patrocinador máster de 11 equipes da Série A e 13 da Série B em 2018. Se isso acontecer, a dupla Ba-Vi terá dificuldade de conseguir outro patrocinador que iguale a proposta atual, de R$ 6 milhões anuais para cada.

*Herbem Gramacho é editor do Esporte e escreve às quinta-feiras


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lider-de-invasao-a-posto-na-santa-cruz-comanda-bocas-de-fumo-desde-os-13-anos/
Caíque Cerqueira, hoje com 19, também é suspeito de homicídios
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-acao-de-atirador-que-matou-4-em-igreja-em-sp-veja/
Ele entrou na igreja em Campinas durante missa, matou quatro e se suicidou
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nove-artistas-vao-se-apresentar-pela-1a-vez-no-festival-da-virada-confira/
MPB, sertanejo, pagode, axé e funk vão agitar o público nos cinco dias de festa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/uma-grande-covardia-diz-tia-de-pm-morto-esfaqueado-em-ondina/
Corpo de Jailton Souza de Araújo, 50 anos, foi enterrado na manhã desta terça (11)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/testemunhas-do-caso-tatiane-spitzner-comecam-a-ser-ouvidas-nesta-terca/
Vítima foi encontrada morta em 22 de julho; seu marido, Luis Felipe Manvailer, é suspeito do crime
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dor-de-cabeca-diagnosticos-e-tratamentos/
Mais de 95% das pessoas em algum momento da vida tiveram, têm ou terão uma cefaleia, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mae-de-suspeito-que-fez-16-refens-diz-que-nao-tem-culpa-eu-fiz-de-tudo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/chuvas-matam-4-pessoas-e-causam-estragos-na-bahia-20-cidades-declaram-emergencia/