É hoje! Estakazero se apresenta em live do São João do CORREIO

entretenimento
12.06.2020, 06:00:00
Léo Macedo comanda a banda Estakazero (Aline Valadares/Divulgação)

É hoje! Estakazero se apresenta em live do São João do CORREIO

Apresentação, que também é solidária e arrecada doações, é no YouTube

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois da banda Fulô de Mandacaru e do cantor Del Feliz, o grupo Estakazero comanda o arrasta-pé do São João do CORREIO. Nesta sexta (12), a banda realiza a terceira das seis lives juninas do  projeto, a partir das 19h30 no canal do jornal no no Youtube do CORREIO.  Comandada pelo vocalista Léo Macedo, a Estakazero mistura o forró tradicional com as novas tendências do ritmo nordestino, agradando os mais diversos públicos. 

 Léo Macedo antecipa o que a banda vai apresentar, para levar o clima junino para a casa dos leitores. “Além dos nossos sucessos, faremos muitas homenagens a representantes da cultura nordestina como Luiz Gonzaga e Trio Nordestino, além de clássicos do São João”, conta. Entre as novidades, ele cita a música Quando a Vida Voltar, composição que fala sobre o momento atual.

Léo e seus companheiros não se deixam abater por causa desse momento inesperado que pegou todo mundo de surpresa.  Ele diz que está levando do jeito que pode, mas já planeja a comemoração dos 20 anos da Estakazero em 2021. “Quando tudo isso passar, vamos focar nessa importante data. Entre as novidades temos programados vários clipes com diversos artistas. A impossibilidade de cantar para o publico agora aumentou ainda mais as lembranças dos festejos juninos”, destaca. 

Memória do São João
No seu caso, conta Léo, sente saudades da infância com meus avós, tios e primos no povoado de Belém, distrito de  Cachoeira. “Fazíamos um verdadeiro São João em família, com fogueira, fogos , comidas típicas e muita quadrilha e forró. Todo ano era sagrado e quando fazíamos 15, 16 anos ( os primos ) começávamos a descer pra Cachoeira pra curtir os shows na praça na beira do Rio Paraguaçu. Nunca imaginei o quanto seria importante o São João pra mim um dia”, recorda.

Toda essa vivência o fez perceber a importância da cultura junina que, em sua opinião, é muito importante para a autoestima do nordestino. “Tem as roupas, a culinária, a dança, as brincadeiras, o forró, a tradição se perpetuando e transmitindo paras gerações que vão chegando”, pontua.

Além de curtir a live da Estakazero, o forrozeiro de plantão pode se solidarizar com a ONG Corrente do Bem, instituição que cuida de família carentes e que receberá as doações arrecadadas antes, durante e depois das apresentações. “As doações podem ser feitas a qualquer momento e em qualquer valor. É quanto você puder doar e fazer o bem”, afirma Marta Souza, coordenadora de marketing do CORREIO. 

Durante as transmissões, QR Code ficará fixo na tela e, ao apontar a câmera, a pessoa será direcionada para uma área, onde poderá fazer doações. E quem não viu ou que rever as primeiras lives, elas seguem disponíveis no canal do jornal. Clique aqui para fazer sua doaçãoEsse projeto tem a parceria da ITS Brasil.

Banda comemora vinte anos de forró em 2021
Com 11 discos lançados, a bnda de  forró  Estakazero foi formada em Salvador em agosto de 2001 pelo cantor e instrumentista Léo Macedo. Com o crescimento do movimento de forró universitário  em todo Brasil, a banda conquistou seu espaço.

“Tive a sorte de acertar na primeira  música que apostei,  Encosta Neu, que  puxou a fila dos nossos sucessos”, diz Léo, citando outras canções como  Lua Minha ,  Sapatilha 37 , De Frente pro Mar  ,  Aldeia  e  Algo Especial, que marcaram a fase inicial do grupo, marcada pelo xote. Mais recentemente  , o grupo lançou músicas como  Barco de Amor , Anjo Meu e  Todo Seu.

Velho parceiro do jornal, a Estakazero já teve dois CDs e um DVD encartado no jornal. Em 2012, lançou um CD em parceria com a banda Cangaia de Jegue e em 2017, dividindo a gravação com a banda Falamansa. 

Em 2014 foi a vez do DVD A Festa Continua, gravado ao vivo no  Bahia Café Hall e que  marcou os 12 anos de carreira da banda formada pelo cantor depois que ele saiu da Colher de Pau, onde atuou durante seis anos.

Lives do CORREIO

Dia 12/06 Estakazero
Dia 13/06  Flor Serena 
Dia 19/06  Zelito Miranda
Dia 20/06  Adelmário Coelho

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas