É o Tchan e Molejo se reúnem nesta sexta-feira (7) para resgatar sucessos do passado

variedades
07.07.2017, 15:46:00

É o Tchan e Molejo se reúnem nesta sexta-feira (7) para resgatar sucessos do passado

As bandas que fizeram sucesso nos anos 90 vão reviver hits como Dança da Cordinha e Brincadeira de Criança no Armazém Hall
Beto Jamaica e Compadre Washington comandam estreia da turnê do É o Tchan com o Molejo
(Foto: Lúcio Távora/Divulgação)


O clima retrô vai dar o tom da noite de hoje, data que marca a estreia da turnê conjunta dos grupos É o Tchan e Molejo no Armazém Hall, em Vilas do Atlântico, nesta sexta-feira, às 21h. Se alguém duvida, é só ficar atento ao repertório do show que inclui sucessos do pagode baiano como Dança da Cordinha e Dança do Bumbum, além de hits do grupo carioca como Brincadeira de Criança e Dança da Vassoura, marcantes na década de 1990. 

“Unir essas duas bandas que fizeram tanto sucesso na década de 90 já é um dos grandes motivos para criar essa atmosfera retrô. Sem dúvida, quem for a nossa turnê vai relembrar e entrar em um clima de nostalgia. Mas teremos novidades também”, garante o vocalista do É o Tchan, Beto Jamaica, 52 anos. “A galera vai ficando saudosa. Acaba querendo matar a saudade, né? Foram momentos marcantes”, completa o vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, 44. 

Prevista para percorrer outras cidades do Brasil, a turnê sempre foi um desejo antigo dos dois grupos e se consolidou na última Virada Cultural de São Paulo, quando o Molejo se apresentou com o É o Tchan. “Foi um momento tão divertido e o público gostou tanto que Andrezinho teve a ideia de montar essa parceria com o Tchan e eu e Beto endossamos em cima do trio”, lembra Compadre Washington, 55, sobre o anúncio da turnê feito no meio da Virada Cultural. 

“A gente sempre conversava sobre isso nos bastidores, mas na época as agendas eram difíceis. Agora, no palco, a gente viu a energia do público e dissemos: ‘a gente precisa fazer essa turnê!’”, reforça Anderson. “Será um momento muito importante em nossa carreira, além de ser muito gratificante dividir o palco com essa galera que admiramos tanto”, agradece Compadre Washington, sobre o show que inclui momentos separados e juntos. A noite conta, ainda, com Diego Barreto e a banda Samprime. 

Armazém Hall (Av. Luiz Tarquinio, 2.893, Vilas do Atlântico | 3379-5360). Hoje (7), às 21h. Ingresso: R$ 50 (pista), R$ 70 (área vip) e R$ 90 (camarote), valores únicos. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas