Edmundo fala de rivalidade e detona Romário: 'Muito egocêntrico'

esportes
06.10.2021, 16:13:00
Atualizado: 06.10.2021, 16:36:42
Edmundo e Romário não são mais amigos (Fotos: Reprodução/Instagram)

Edmundo fala de rivalidade e detona Romário: 'Muito egocêntrico'

Ex-jogador não esconde mágoa que sente do Baixinho: 'É tudo girando em torno dele'

Convidar Romário e Edmundo para o mesmo rolé não é uma boa ideia. Ex-companheiros no Flamengo e no Vasco, os dois tiveram rusgas no passado, não superaram uma antiga rivalidade e, se foram um dia amigos, não são mais. A revelação foi feita pelo próprio 'Animal', em entrevista ao podcast Inteligência Ltda.

“Fui muito amigo dele, mas Romário é muito vaidoso e egocêntrico. Num momento lá atrás, ele foi muito legal para mim. Só que chegando lá na frente, a gente passou a ser concorrente. De tudo, de mulher, de artilharia, de título, de vaga na seleção... A gente começou a ter conflitos. O cara fala o que quer", afirmou Edmundo.

"Isso foi me ferindo, me afastando. Hoje eu chego lá na praia, se ele fala, eu falo, se ele não fala, também não falo. Em eventos na casa dele, que já foi minha casa, eu não vou mais porque o egocentrismo atrapalha, é tudo girando em torno dele. Isso pra mim não dá, entendeu? Não gosto de falar mal do cara. Ele não mexe comigo, e eu também não mexo com ele", completou.

Um dos principais problemas entre os dois aconteceu na época em que atuaram juntos no Vasco. Os dois disputaram a braçadeira de capitão, logo depois do time ser vice-campeão do Campeonato Mundial de Clubes da FIFA, em 2000.

"Os dirigentes me falaram que iam contratar o Romário só para o Mundial, já que era um título que o clube queria muito ganhar. Como eu perdi o pênalti na final, fui o primeiro a entrar de férias e, quando voltei, ele continuava lá. Depois, o nome dele foi selecionado para ser o capitão, que era o meu posto. Não era isso que tinha sido combinado e me recusei a jogar", afirmou o Animal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas