Em 19º, Sport pode perder todos os pontos por escalação irregular

esportes
28.09.2021, 15:05:00
Atualizado: 28.09.2021, 15:48:22
O zagueiro Pedro Henrique em treino pelo Sport (Anderson Stevens/Sport Club do Recife)

Em 19º, Sport pode perder todos os pontos por escalação irregular

Leão pernambucano corre risco de ter até 17 pontos descontados por causa de zagueiro ex-Internacional; entenda

A crise no Sport ganhou mais um capítulo. Depois de ter problema com inscrições dos quatro últimos reforços - um erro que causou a demissão do departamento de futebol do clube -, o Leão pernambucano agora corre o risco de perder pontos na Série A por escalação irregular.

A dor de cabeça é por causa do zagueiro Pedro Henrique, que disputou quatro jogos pelo Sport. A questão é que ele atingiu o limite de sete partidas na Série A pelo seu time anterior, o Internacional. Pelo Colorado, ele entrou em campo cinco vezes e, em outras duas ocasiões, recebeu cartões amarelos no banco - o que configura participação.

"Se, na condição de substituto, o atleta vier a ser apenado pelo árbitro, será considerada como partida disputada pelo infrator, para fins de quantificação do número máximo a que alude o caput deste artigo", informa o Artigo 43 do Regulamento Geral de Competições.

Desta forma, Pedro Henrique teve sete partidas oficialmente disputadas pelo Internacional na Série A e não poderia ter defendido outra equipe na competição. De acordo com o Artigo 214 Código Brasileiro de Justiça Desportiva, a irregularidade impõe:

"Perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais)".

O zagueiro disputou quatro partidas - contra São Paulo, Chapecoense, Athletico e Fortaleza -, além de ter sido relacionado pela quinta vez diante do Atlético-MG, quando ficou no banco. Assim, perderia 15 pontos. Neste período, o Sport ainda somou dois pontos (ambos por empate), que também são anulados.

Somando todas as punições, seria uma perda total de até 17 pontos. Atualmente, o time está na zona de rebaixamento, em 19º, com exatamente 17 pontos. 

Em entrevista nesta terça-feira (28), o presidente do Leão, Leonardo Lopes, disse que já entrou em contato com a equipe de advogados para apuração. 

A gente tomou conhecimento dessa informação. Acionamos os nossos advogados especialistas no Rio de Janeiro para saber, porque há um conflito de normas no regulamento geral e no específico. Tem uma discussão muito grande quanto à penalidade. Tem jurisprudência sobre a questão dos pontos, mas também sobre multa", disse o presidente do clube.

A ideia do Sport é evitar a punição da perda de pontos. Caso a suspeita se confirme, o zagueiro Pedro Henrique deixará de ser utilizado.

"Os advogados estão trabalhando para que a gente possa evitar perda de pontos para o clube. Seria uma coisa de proporções inimagináveis. Se for confirmado, o atleta não vai mais poder entrar em campo para que a gente não fique com risco de ter esse acontecimento em sequência", disse Leonardo Lopes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas