Em aniversário de 40 anos, Abap homenageia maiores anunciantes 

salvador
06.12.2018, 22:44:00
Atualizado: 06.12.2018, 22:49:18
Américo Neto é presidente da Abap-Ba (Foto: Almito Lopes/CORREIO)

Em aniversário de 40 anos, Abap homenageia maiores anunciantes 

Entidade reuniu parceiros em jantar com show de Ana Mametto

Há 54 anos, quando fundou, em Salvador, a Primordial Móveis, o espanhol Fidel Fernandez Lopez, "por uma questão de censura [da ditadura militar]", sequer considerava a publicidade. Hoje em dia, garante Fidel, a propaganda é a alma dos negócios.

Atualmente, com seis lojas na capital, o empresário é considerado um dos maiores anunciantes do estado. Na noite desta quinta-feira (6), ele e outros quatro empresários foram homenageados pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap-Ba) com o título de "anunciantes históricos". 

Os homenageados receberam um troféu confeccionado pelo artista plástico Leonel Mattos. A menção honrosa foi entregue durante a comemoração de 40 anos da Abap-Ba, no restaurante Amado, na Avenida Contorno. 

"É uma honra muito grande estar aqui, especialmente porque é muito difícil sobreviver a esse período, com transições tão grandes, em tantos âmbitos do mercado e, ainda, com as inovações da era digital. Nós sempre acreditamos muito na propaganda, que temos como grande aliada. Uma empresa não sobrevive sem a publicidade", afirmou Fidel Gonzalez, dono da Primordial Móveis.

Presidente da Abap-Ba, Américo Neto recepcionou, além de Fidel, os demais homenageados: Pepe Faro, fundador da Perini e Almacen Pepe; Delfin Gonzalez, dono das Clínicas Delfin; Everton Visco, diretor do Shopping da Bahia; e Fernando Vita, conselheiro do Tribunal de Contas do Município (TCM).

Bahia da publicidade
Com o tema "Ousadia e Criatividade", segundo Américo, a Abap comemorou o aniversário, ao longo de todo o ano, com campanhas "ousadas".

"A Bahia é a mãe da publicidade. A autenticidade é uma característica dos baianos, e é um exemplo seguido por publicitários e agências de todo o mundo. Temos parceiros que são grandes exemplos de que a propaganda é um investimento que dá certo", comentou Américo, ao citar os parceiros homenageados.

"Hoje nós estamos aqui para celebrar, com festa e alegria, junto aos parceiros que nunca deixaram de acreditar e investir em propaganda em seus negócios", destacou o presidente. Na ocasião, a cantora Ana Mametto apresentou um repertório recheado de composições de Dorival Caymmi e Vinícius de Moraes.

Na festa de aniversário, a entidade também homenageou seus 13 ex-presidentes. Um deles, não publicitário, mas arquiteto, Fernando Passos, comentou que "o grande mérito da Abap-BA foi se reinventar diante das mudanças".

Ex-presidentes da Abap-BA foram homenageados (Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

"A propaganda ganhou contornos totalmente novos e inimagináveis. O digital, as redes sociais, houve uma tendência à decadência, mas a entidade se reinventou e conseguiu ser bem sucedida após quatro décadas", considerou Passos.

De acordo com o gerente comercial da TV Bahia, Cláudio Najar, embora muito se fale sobre o "fim das agências", a tendência é que os profissionais da publicidade acompanhem as mudanças e se reinventem.

"As agências têm uma grande importância para a TV, os jornais e empresas de outros segmentos. É através delas que nós chegamos aos nossos clientes. Há 20 anos falam que o jornal [impresso] vai acabar. O mesmo eu digo sobre as agências publicitárias. Eu penso que se você tem uma agência por trás, tem um resultado; se não tem, terá outro", afirmou Najar, acrescentando que a Abap é uma "grande representante de ações bem sucedidas" no âmbito.

Ousadia
Para ousar, segundo Américo Neto, a Abap-Ba desenvolveu até um troféu exclusivo para os seus maiores apoiadores. A peça, toda feita em resina e tinta acrílica, foi finalizada com cores fortes em referência à Bahia.

A obra de arte, assinada pelo artista Leonel Mattos, foi produzida em cerca de dois meses. "O troféu mescla elementos baianos. Como a própria baiana de acarajé, capoeiristas, além das cores e tons fortes. A Bahia é bem colonial, foi nisso que me inspirei. Um ponto importante é a durabilidade da resina, que é de 500 anos. Então é uma peça que os homenageados terão por muito tempo", resumiu o artista.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/empreendedores-nunca-devem-parar-de-aprender-dizem-participantes-do-acelerese/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/forum-agenda-bahia-dez-anos-de-inovacao/
Edição de 2018 foi recordista de público; veja vídeo com melhores momentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-clipe-gravado-em-salvador-anitta-rebola-na-boquinha-da-garrafa/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/capita-marvel-nem-estreou-e-ja-tem-homem-boicotando/
Tudo por causa de um pedido da protagonista, Brie Larson, por mais inclusão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-como-foi-liverpool-0x0-bahia-pela-copa-sul-americana/
Resultado elimina o tricolor na primeira fase da competição; CORREIO transmitiu a partida ao vivo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/luisa-sonza-sera-convidada-do-trio-de-ivete-sangalo-em-salvador/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pabllo-vittar-anuncia-clipe-de-buzina-para-antes-do-carnaval/
A música mais animada do mais novo disco da drag deve ser sua aposta para o Carnaval
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/classico-da-tv-sai-de-baixo-chega-aos-cinemas/
Elenco é o mesmo do programa, com exceção de Cláudia Jimenez
Ler Mais