Em ascensão na carreira, David é um dos destaques do Leão em 2017

e.c. vitória
31.03.2017, 05:58:00

Em ascensão na carreira, David é um dos destaques do Leão em 2017

Ele não é um dos medalhões contratados para a temporada, mas tem dado conta do recado

Quando o Vitória anunciou a lista de reforços para a temporada, foram muitos “medalhões”. Contratações de atletas como o campeão brasileiro Cleiton Xavier, o meia Dátolo, o ex-Seleção Geferson, o ídolo do River Pisculichi e o goleador André Lima impressionavam. Os nomes são bons, mas é um menino da casa um dos que mais tem surpreendido e agradado à torcida: David. 

David, de 21 anos, jogou em 18 dos 19 jogos oficiais do rubro-negro no ano, sendo 12 deles como titular
(Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

O garoto de 21 anos é considerado joia rara e que tem sido lapidado cuidadosamente. O atacante, que foi descoberto pelo rubro-negro quando jogava  pelo Rio Branco-ES, chegou à Toca do Leão em 2013. 

Ele foi descoberto pelo ex-coordenador da base do Vitória, João Paulo, que hoje está no Palmeiras. “Na época, fui ver um zagueiro, o Brinner (ex-Bahia), lá no Rio Branco, e vi o David. Quando ele chegou no Vitória, não jogou. Ficou fora da Copa Governador e não viajou para a Copa São Paulo. Em janeiro, levamos ele para o México, para disputar uma competição, e foi onde ele finalmente começou a despontar”, lembra.

Por empréstimo no Leão na época, o contrato de David chegou ao fim e despertou interesse do Atlético-MG. “O empréstimo dele com o Vitória acabou (em 2014) e tentamos trazer de volta, mas tinha que pagar R$ 200 mil. O Atlético me deu um dia para resolver tudo e conseguimos que o Vitória ficasse com um percentual maior”, completa.

Já admirado na base, o moleque estreou em 2015, quando teve a oportunidade de jogar 24 vezes e marcou dois gols. No ano seguinte, atuou em 21 e marcou três vezes.

Os números só servem para escancarar o que o torcedor do Vitória já sabe: 2017, sem dúvida, é o ano de ascensão da cria da Toca. Estamos no fim de março e ele já tem 18 jogos, quatro gols e cinco assistências na conta. E a promessa é que venha muito mais por aí.

David é constante. Ganhou espaço no time de Argel pela sua versatilidade. O ‘guri’, como diz o técnico rubro-negro, joga fácil nas duas pontas, de cabeça erguida e perdeu o medo de arriscar. Confiante, mete o pé na bola de direita e de canhota, quando necessário. Habilidoso no chute de fora da área, já marcou dois golaços esse ano - contra Vitória da Conquista e  Sergipe. 

O atacante tem se destacado. E o melhor: através do seu futebol, da bola no pé, do talento. Ele, que foi sondado por um time chinês no começo do ano, tem contrato com o Vitória até 30 de junho de 2019, mas já chama atenção do mercado da bola. “Acompanho sempre o David. O futebol dele tem chamado atenção. Aqui no Sudeste se fala muito dele. É fruto de trabalho. É um menino bom, tranquilo”, conta João Paulo.

E é com seu jeito pacato que David tem conquistado espaço entre os titulares. No sábado (1º), às 16h, ele deve ser um dos 11 que enfrentará o River-PI pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Nordeste. Vai que é tua, moleque.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas