Em live, Ivete chora e canta para mãe de Paulo Gustavo: 'Ele vive no nosso sorriso'

em alta
09.05.2021, 19:10:55
Atualizado: 09.05.2021, 19:21:09
(Reprodução)

Em live, Ivete chora e canta para mãe de Paulo Gustavo: 'Ele vive no nosso sorriso'

Cantora faz discurso forte: A pátria mãe Brasil perde muitos filhos por descasos, em chacinas, e sem vacina. Quanto mais de tudo isso precisa acontecer?

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A cantora Ivete Sangalo, que faz live especial de Dia das Mães, chorou ao homenagear o humorista Paulo Gustavo, que morreu na última terça-feira (4), aos 42 anos, vítima de covid-19. Após cerca de 40 minutos de show, Ivete falou sobre a morte do amigo. Em um forte discurso, Ivete chamou de falta de respeito quem trata as mortes causadas pela pandemia de coronavírus como números.
 
"Essa semana eu perdi um amigo muito especial muito querido. Eu amo muito Paulo Gustavo. Perdemos a presença dele. Ele fez a gente muito feliz, ele levou alegria para os nossos dias, mas o maior propósito foi aproximar uma nação inteira em um sentimento que invade a casa de muitos de nós, a dor da perda. Não se pode pensar nos filhos de alguém como número. Isso não dá. É muita falta de respeito."
 
A cantora fez um discurso forte e questionou, sem citar nomes, o quanto mais será necessário para que se tenha responsabilidade e empatia no país. Ela também falou sobre chacinas e falta de vacinas como causa de mortes de tantos brasileiros. "A pátria mãe, Brasil, perde muitos filhos, por descasos, em chacinas, e sem vacina. Ai eu me pergunto o que poderia ser mais impactante do que milhares de vidas perdidas? Quanto mais de tudo isso precisa acontecer para que haja um gesto de responsabilidade e de empatia. Porque de uma vez por todas, não é favor, é direito. Direito de cada um de nós", disse.
 
Ivete disse ainda que acredita em um Brasil de pessoas decentes e inteligentes. Por fim, a cantora disse que Paulo Gustavo segue vivo "no nosso sorriso e na nossa graça". Ela dedicou a canção de Roberto Carlos, Emoções para Paulo, e toda família, em especial Dona Déia, a quem aproveitou para lembrar como representação de todas as mães do Brasil.
 
"Eu acredito em um Brasil que aplaude e ri fervorosamente com seu ídolo Paulo Gustavo. Eu acredito em um Brasil da arte, da cultura, do esporte, do trabalho e do progresso. Eu acredito no país da maior floresta tropical do mundo. E eu acredito acima de tudo em um país de gente decente e inteligente. E essa canção eu dedico a Paulo, a Dona Deia, a Ju, a Thales, a toda família dele e a todos que o amam tanto porque ele vive no nosso sorriso e na nossa graça. E eu disse a ela, mesmo antes de tudo acontecer. 'Ju, eu vou cantar uma música pra sua mãe porque eu sou mãe. Eu sei exatamente o desejo dela'. Pra você Déia, com todo meu amor e que todas as mães sejam representadas por essa mulher tão linda, tão forte e que ensinou ele a sempre sorrir. Sorrir é um ato de resistência", disse.
 
Enquanto cantava Emoções, a cantora se emocionou e chorou. Imagens de Paulo Gustavo, com mãe, o marido e os filhos aparecem na live durante toda a música, que terminou com uma mensagem na tela:  "Como te amamos, meu amigo! Deus contigo".
 
Ivete lança música nova e agradece às mães
 
Ivete abriu o show pouco depois das 18h, com a música Acalme Sua Alma. Na primeira interação com o público, ela agradeceu o carinho e se disse feliz em realizar a live neste dia das mães. "Estou muito feliz de estar aqui levando um alento, um carinho, um abraço através da música, através da arte. Sejam bem vindos a esse universo maternal que é infinito. Sejam bem vindos e que sejam todos abençoados com o poder de Deus em nossas vidas e vamos cantar. Feliz dia das mães.
 
Ivete cantou a canção "Mãe", que canta com o trio As Baías, que clipe lançado neste Dia das Mães. Veja a live.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas