Em nota, Enderson se despede do Bahia: 'Peço desculpas à torcida'

e.c. bahia
01.04.2019, 15:11:00
Atualizado: 01.04.2019, 15:15:39
Passagem de Enderson no tricolor chegou ao fim após eliminação na Copa do Nordeste (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em nota, Enderson se despede do Bahia: 'Peço desculpas à torcida'

Treinador lembrou campanha do ano passado e deixou mensagem para os jogadores

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Desligado do comando técnico do Bahia após a eliminação na primeira fase da Copa do Nordeste, o técnico Enderson Moreira se manifestou pela primeira vez desde o anúncio da sua demissão. Através de comunicado, o treinador lembrou sua chegada ao tricolor e a campanha que o time fez sob o seu comando no ano passado. 

"Cheguei ao Tricolor em junho do ano passado. Encontrei um time desacreditado, sem perspectivas positivas para o fim da temporada e, com muito orgulho, posso dizer que encerramos 2018 com a melhor campanha da história do clube em Sul-Americana, Campeonato Brasileiro de pontos corridos e Copa do Brasil, e isso é fato", disse Enderson.

Ele aproveitou ainda para agradecer aos jogadores, ao presidente Guilherme Bellintani, ao vice-presidente Vitor Ferraz e ao diretor de futebol Diego Cerri pela passagem no clube. Enderson Moreira chegou ao Bahia em junho do ano passado para ocupar o posto que era de Guto Ferreira. Ao todo, ele comandou o tricolor em 59 jogos, com 22 triunfos, 19 empates e 18 derrotas. 

Confira na íntegra a nota de despedida de Enderson Moreira: 

“Conforme já anunciado oficialmente pelo Esporte Clube Bahia, na noite de ontem, foi feita a opção pelo meu desligamento do comando técnico do clube. Entendo que este é um momento de transição, de mudanças e, principalmente, de reconstrução de um elenco, ainda em processo de formação.
.
Cheguei ao Tricolor em junho do ano passado. Encontrei um time desacreditado, sem perspectivas positivas para o fim da temporada e, com muito orgulho, posso dizer que encerramos 2018 com a melhor campanha da história do clube em Sul-Americana, Campeonato Brasileiro de pontos corridos e Copa do Brasil, e isso é fato.

Quero deixar meus mais sinceros agradecimentos ao presidente Guilherme Bellintani e ao diretor de futebol Diego Cerri o convite para assumir o Bahia, missão que aceitei com carinho e serei eternamente grato. Agradecimento especial, também, ao Vitor Ferraz, vice-presidente. Essas três pessoas foram fundamentais para dar equilíbrio nos momentos mais difíceis, quando nós mais precisamos.
.
Deixo meu muito obrigado ao grupo de jogadores, que sempre fizeram seu melhor dentro e fora de campo. Tenho convicção de que vocês darão muitas alegrias à torcida nessa temporada. Vocês são muito bons e altamente comprometidos! À torcida, peço desculpas pelo que deixamos a desejar.
.
Desejo ao Bahia e a todos os seus profissionais muito sucesso. Foi um grande prazer trabalhar com vocês. Muito obrigado!
.
Enderson Moreira”

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas