Em protesto, alunos da Uefs fecham acessos à universidade

bahia
16.04.2012, 21:03:00
Atualizado: 16.04.2012, 21:04:54

Em protesto, alunos da Uefs fecham acessos à universidade

Os alunos protestam contra a má qualidade da comida, a falta de condições de higiene do restaurante e pedem também a ampliação do refeitório

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Da Redação

Os estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (16) pedindo melhorias para o restaurante da instituição. Os protestos acontecem desde a quarta-feira e hoje cerca de 100 estudantes bloquearam todos os acessos à universidade.

Os alunos protestam contra a má qualidade da comida, a falta de condições de higiene do restaurante e pedem também a ampliação do refeitório, além da extensão da gratuidade para todo os estudantes.

Em nota, a Reitoria da universidade diz que “a Administração tem agido no sentido de adequar o serviço, através de ações como a readequação do cardápio, pequenas reformas de adaptação do prédio, elaboração de projeto de ampliação do espaço físico, estabelecimento de comissão de acompanhamento permanente, e aumento da cota diária de refeições subsidiadas a R$ 1”.

Quanto à bolsa alimentação, a Reitoria relata que a reivindicação não é plausível, pois “todos os ‘excedentes’ demandantes que se inscreveram no processo de avaliação e atenderam aos critérios sócio-econômicos de seleção, foram contemplados”.

Na nota, a Reitoria da Uefs declara ainda que está em andamento o processo para abertura de processo licitatório do restaurante.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas