Em quatro rodadas, estadual chega à quarta troca de técnico

Campeonato Baiano
16.02.2017, 20:12:00

Em quatro rodadas, estadual chega à quarta troca de técnico

Duzinho foi demitido do Flamengo de Guanambi após a goleada de 6x1 sofrida para o Vitória

A goleada de 6x1 para o Vitória, quarta-feira (15), no Barradão, derrubou mais um técnico no Campeonato Baiano. Duzinho não é mais treinador do Flamengo de Guanambi. O auxiliar Marco Antônio assume interinamente.

Com isso, quatro dos 11 times do estadual já trocaram o técnico após quatro rodadas, média de um por rodada. Três trocas foram voluntárias e uma forçada. A mudança forçada foi feita pela Juazeirense, que viu Barbosinha deixar o time para assumir o Bahia de Feira, que havia demitido Jaelson Marcelino. Paulo Sales assumiu a Juazeirense. A outra troca de comando foi feita pelo Atlântico, que demitiu George Santos e contratou Roberto Gaúcho.

Dois times trocaram de treinador antes do estadual começar. Paulo Sales começou o ano no Jacobina, mas pediu para sair porque recebeu uma proposta do Paraíba, onde ficou apenas 11 dias antes de aceitar a proposta da Juazeirense. O Jacobina contratou Ricardo Silva. Também na semana de estreia do Campeonato Baiano, Antônio Carlos Roy deixou o Galícia para assumir o Cabofriense. O azulino é treinado por Sérgio Odilon.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas