Emprestado pelo Bahia, Ramires é diagnosticado com covid-19

esportes
19.08.2020, 17:09:00
Atualizado: 19.08.2020, 17:15:32
Ramires fez apenas 11 jogos com a camisa do Basel (Foto: Divulgação/Basel)

Emprestado pelo Bahia, Ramires é diagnosticado com covid-19

Outros três jogadores do Basel também testaram positivo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O meia Eric Ramires, que está emprestado pelo Bahia ao Basel, da Suíça, foi diagnosticado com a covid-19. A informação foi divulgada pelo clube europeu nas redes sociais.

De acordo com o Basel, três jogadores testaram positivo para a doença. Além de Ramires, o também brasileiro Arthur Cabral e o turco Eray Cömert foram infectados. O clube informou ainda que os jogadores vão ficar em isolamento por 10 dias e depois passarão por novos exames.

"Arthur Cabral, Eric Ramires e Eray Cömert deram positivo para COVID-19. Eles ficarão em quarentena por pelo menos 10 dias. Campo, que estava de férias com eles, também ficará em quarentena durante a mesma duração. Desejamos a todos uma recuperação rápida!", postou o Basel.

Ramires foi emprestado ao clube europeu no ano passado. O jogador tinha contrato até o mês de junho desse ano, mas o vínculo foi ampliado até o fim da temporada na Suíça por conta da pandemia do novo coronavírus.

Por contrato, o Basel seria obrigado a comprar os direitos econômicos do jogador caso Ramires disputasse pelo menos 23 partidas pelo clube. O valor acordado na época foi de R$ 30 milhões. O meia, no entanto, fez apenas 11 partidas desde que chegou na equipe. 

Ramires tem contrato com o Bahia até 2022. Caso o Basel não entre em acordo com o tricolor para ficar com o jogador, ele voltará ao Esquadrão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas