Encontro virtual aborda paternidade, infâncias e leitura neste domingo (1º)

entretenimento
31.07.2021, 09:11:00
Clara Beatriz criou o projeto de incentivo à leitura Casinha de Livros (Renato Sampaio/divulgação)

Encontro virtual aborda paternidade, infâncias e leitura neste domingo (1º)

Filósofo e escritor Rodrigo Araújo convida Clara Beatriz, menina que criou projeto de incentivo à leitura no sertão baiano

A idealizadora do projeto Casinha de Livros, Clara Beatriz Maciel Dourado, é a convidada do escritor e filósofo Rodrigo Araújo, neste domingo (1/08), às 10h, encerrando a série de lives promovida em homenagem ao Dia dos Pais, na página do livro Todos os Dias Depois de Hoje (@_todososdiasdepoisdehoje).

Clarinha, como é mais conhecida na região de Irecê, onde mora, vai falar sobre seu projeto de incentivo à leitura - que tem como madrinha a apresentadora Astrid Fontenelle -, implantado no sertão baiano, a influência do pai, sobre infâncias, literatura e o que mais ocorrer. 

A menina de 13 anos criou o Casinha de Livros há dois, quando ainda tinha 11 anos. Como o nome indica, são casinhas de madeiras espalhadas pela região, onde as pessoas podem pegar e deixar livros com temática infantil, infantojuvenil e adulto, levar para casa e devolver. “Funciona como uma biblioteca aberta e a ideia é que todos tenham acesso à leitura de forma fácil e gratuita”, conta. Pela iniciativa, este ano, ela foi reconhecida pela Ashoka (organização internacional de empreendedorismo social) como um dos 15 Jovens Transformadores no Brasil. Na semana passada, a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia aprovou seu nome para receber a Medalha 02 de Julho, honraria concedida a pessoas de destaque em suas áreas de atuação. 

Além de Clara Beatriz, a live deste domingo terá também as presenças de Malu, filha de Rodrigo Araújo, e das primas, Sabrina e Isabela, que a ajudaram a ilustrar o livro ‘Todos os dias depois de hoje’, escrito pelo filósofo e lançado pela editora Segundo Selo. Em 35 pequenos textos, Rodrigo mostra como a chegada de uma criança é um acontecimento que muda tudo. Com narrativas curtas, mas intensas, ele apresenta a poética relação entre pai e filha, refletindo sobre experiências juntos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas