Enem: Universidade de Coimbra oferece 29 bolsas integrais para estudantes brasileiros

brasil
26.01.2017, 15:46:00
Atualizado: 26.01.2017, 17:35:06

Enem: Universidade de Coimbra oferece 29 bolsas integrais para estudantes brasileiros

As inscrições vão até o dia 31 de janeiro e os estudantes podem disputar as vagas utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Universidade de Coimbra, em Portugal (Foto: Divulgação)

Até o dia 31 de janeiro, os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem utilizar a nota para se candidatar a 29 bolsas integrais de estudo em cursos de graduação na Universidade de Coimbra, em Portugal. A universidade se encontra entre as 200 melhores do mundo nas áreas de Direito e Engenharia Civil.

Com as bolsas, os estudantes ficam isentos do pagamento das mensalidades, que tem valor anual de sete mil euros, o equivalente a cerca de R$23.795. A instituição não cobre os custos de moradia e alimentação. As inscrições podem ser realizadas através do site www.uc.pt/brasil/graduacao/enem.

Para se candidatar às vagas, é necessário converter a nota do exame para a escala portuguesa. Serão considerados aptos a concorrer os candidatos que atingirem nota igual ou maior do que 120 nesta escala. Para verificar se sua nota do Enem atinge os requisitos mínimos é necessário fazer alguns cálculos. Primeiro, calcule a sua Média Global do Enem somando as notas de Redação, Matemática, Ciências Naturais, Ciências Humanas e Linguagens e divida o valor por cinco. 

Feito isso, veja nesta lista para qual curso você deseja se candidatar e quais são as áreas de conhecimento que a Universidade prioriza. Em alguns cursos, nem todas as notas serão utilizadas, somente as que se aproximam dos conteúdos exigidos. É preciso fazer dois cálculos para a conversão da nota do Enem para o sistema adotado na universidade. No primeiro, calcule a ponderação com as notas exigidas pelo curso e depois transforme o resultado para a escala portuguesa. 

Se você tiver escolhido o curso de Direito, por exemplo, é necessário fazer a seguinte conta:

(Nota da Redação X 45 + Nota em Ciências Humanas X 45 + Média Geral do Enem X 10) / 100

Assim, numa simulação:

Nota = (800x45 + 800*45 + 800*10)/100

(36000+36000+8000)/100 = 800

Em seguida, a nota deve ser convertida para a escala de notas portuguesa de 0 a 200. Veja como:

Nota final: Nota*200/1000

Ou seja, 800*200/1000

= 160

Se a sua nota final for igual ou acima de 120, você poderá apresentar sua candidatura ao curso escolhido. A etapa de seleção dos candidatos acontece em seguida. No entanto, a renovação da bolsa só será feita se o estudante mantiver o nível acadêmico.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas