Ensaio para show do Rock in Rio movimenta o Nordeste de Amaralina

variedades
24.05.2017, 20:27:00

Ensaio para show do Rock in Rio movimenta o Nordeste de Amaralina

O grupo Quabales e Margareth Menezes fizeram muito som percussivo e música baiana na tarde desta quarta 24)

A rua Mestre Bimba, no Nordeste de Amaralina, vibrou de um modo diferente na tarde dessa quarta-feira, 24, quando o espaço recebeu os integrantes do grupo Quabales e Margareth Menezes para o primeiro ensaio do show que farão no próximo 23 de setembro, no Palco Sunset do Rock in Rio. O primeiro encontro foi acompanhado de perto pelo curador e diretor artístico do evento, o músico Zé Ricardo. 

Marivaldo dos Santos e Margareth fizeram uma prévia do que o público assistirá no Palco Sunset do Rock in Rio (Foto: Almiro Lopes)

 “Queremos que, mais que promover o encontro da música, possamos promover o encontro de pessoas, culturas, saberes e olhares”, afirmou Zé Ricardo. Segundo ele, a ideia de convidar a Quabales e o músico Marivaldo dos Santos, criador do Quabales e membro do grupo inglês Stomp, é antiga, mas até então não havia a possibilidade de se concretizar. “O momento é agora e, finalmente, vamos poder unir uma sonoridade que é, ao mesmo tempo baiana e mundial, onde outras vertentes como o hip hop, o jazz e o rock estão presentes no trabalho desses artistas e podem ser mesclados no palco”, pontuou. 

Curador e diretor do Palco Sunset, do Rock in Rio, o músico Zé Ricardo disse estar feliz com a possibilidade de promover o encontro de Margareth e do Quebales  (Foto: Almiro Lopes)

Dizendo-se muito feliz por estar presente ao encontro, Margareth fez questão de ressaltar que os ensaios ainda são iniciais e contemplam apenas quatro músicas, mas a perspectiva é que possam ensaiar muitas outras. “Me emociona particularmente essa proposta da Quabales, que mistura música e projeto social, pois me remete a quando comecei em coral e teatro. Naquela época, não imaginava que a música me levaria tão longe”, completa Margareth.

Para Marivaldo dos Santos, que já tocou com estrelas como Sting e Lauryn Hill, a presença no Rock in Rio é um sonho realizado. “Mesmo tendo uma carreira internacional, nunca toquei nesse evento e a participação do Quabales abre a possibilidade que meninos de 14 anos tenham essa oportunidade”, diz o músico. Para ele, com o convite veio a responsabilidade em promover um show especial junto com os 14 integrantes da equipe.

Vale ressaltar que Quabales é um projeto sócio-educativo e cultural que contempla teoria musical, violão, percussão, break dance, performance percussiva, canto e percussão eletrônica. O grande diferencial da iniciativa é a produção de instrumentos musicais não convencionais a partir de material reciclado. Atualmente, o grupo atende mais de 80 jovens do Nordeste de Amaralina. O nome do grupo foi originado da junção do número quatro, referente às quatro bocas dos instrumentos e o final da palavra timbales, que é o formato do instrumentos. Marivaldo dos Santos é integrante há mais de uma década do STOMP, um dos grupos percussivos mais importantes do mundo, que está em cartaz na Broadway há mais de 20  anos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas