Entendemos que não somos más e, de tão boas, assustamos mesmo!

textão
13.09.2018, 12:05:43
Atualizado: 13.09.2018, 13:09:36

Entendemos que não somos más e, de tão boas, assustamos mesmo!

Algum dia disseram que meninas brigavam com meninas. Disseram que elas juntas era confusão, e que elas não seriam confiáveis umas para as outras.

Disseram que a gente se aponta, se critica, se cobra e se julga o tempo inteiro. E que por isso era melhor nos manter isoladas.

Então depois de tanto dizerem, tentaram fazer disso verdade.

Esqueceram, no entanto, que de tanto afirmarem nos fizeram duvidar, mexeram com a nossa autoimagem, com a nossa autoestima e ainda começaram a querer nos impedir de sonhar.

Começaram querendo nos manter em casa: estudar e trabalhar não era coisa de menina, como se cuidar da casa, dos filhos, bordar, ou cozinhar não fosse trabalhoso! E assim foram deturpando os valores.

Com o tempo algumas de nós foram percebendo a cilada que tinham nos colocado, e que aquelas “verdades” não eram tão verdadeiras assim.

Aos poucos, algumas de nós foram vendo que o que diziam e faziam não era sobre a nossa “má índole”, ou “incapacidade de ser amiga”, ou sobre nosso “déficit de aprendizagem”, mas sim sobre o medo de nos ver fortes e ocupando espaços, por que ser forte não era coisa de menina, e que foi assim que nos tornamos o “sexo frágil”! Passamos a questionar e a querer ver reconhecida a nossa parte! Passamos a perceber os nossos potenciais afinal, quem nos definia era quem nos limitava, e esses limites podiam ser quebrados porque podemos mais!

Entendemos que não somos más, e de tão boas assustamos mesmo! O desafio é a gente acreditar nisso. Fazer todo esse potencial ser visto, lembrado e respeitado! Se separadas já somos esteio de família (financeiro e emocional), inventoras, inquietas, revolucionárias e criativas, imagina juntas? Não há corrente mais forte do que seu elo mais fraco, então acredite em você, fortaleça você, e seja fortaleza para o outro! Porque sim, não precisa ser forte o tempo todo, e é por isso que se uma estremece a outra ergue! Minoria é conceito numérico, e matematicamente somos milhões de umas, e por isso mesmo que a gente não só pode como deve ocupar espaços e disseminar a nossa relevância!

Do nosso modo, do nosso jeito, com amor e cuidado, vendo aquela a nossa volta. E lembrando sempre: duas é mais que uma!

Gisele Dias é life coach.

Texto originalmente publicado no Facebook e replicado com autorização da autora.
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/esposa-de-ex-jogador-cantora-morre-apos-complicacoes-em-lipoaspiracao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netflix-divulga-teaser-da-terceira-temporada-de-the-crown/
A nova temporada irá focar no período da Guerra Fria, entre 1964 e 1977
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravida-passa-mal-apos-incendio-em-predio-de-brotas-veja-video/
Mulher foi atendida pelo Samu; causa do incêndio é desconhecida
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/marinheiro-salvou-filho-durante-incendio-em-lancha-na-baia-de-todos-os-santos/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-armado-invade-shopping-de-salvador-e-assusta-clientes/
Ele é suspeito de praticar assaltos em uma passarela perto do estabelecimento
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anelis-assumpcao-apresenta-show-inedito-em-salvador-neste-sabado/
Anelis & Os Gostas é atração do Intercenas Musicais, na Commons
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pai-e-preso-por-afogar-filho-de-2-anos-em-bacia-para-fazer-ex-sofrer/
Ele contou a amigo que foi traído pela mãe da criança e queria se vingar
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/black-alien-fala-sobre-novo-disco-estou-sendo-eu-mesmo/
Lançado em abril, Abaixo de Zero: Hello Hell é apresentado no Pelourinho neste sábado (21)
Ler Mais