Perto do bicentenário da Independência, Brasil se vê entre o fogo e a faca

malu fontes
10.09.2018, 05:56:01
Atualizado: 10.09.2018, 09:01:01

Perto do bicentenário da Independência, Brasil se vê entre o fogo e a faca

Na semana em que completou 196 anos de independência, o Brasil parecia um gigante que mal se sustentava entre dois precipícios que pouco têm de metafóricos: o passado e o futuro. O presente, diz-se, é o único tempo concreto. O passado já se foi e o futuro é sempre uma dúvida, uma hipótese. A partícula “se” estabelece o condicionante das possibilidades, das hipóteses. Tudo pode acontecer, inclusive nada do que esperamos. A quatro anos de completar seu segundo centenário como nação independente, o Brasil se vê literalmente entre o fogo e a faca. 

O fogo destruiu o museu com o maior acervo do passado nacional. A faca, enfiada no corpo de um candidato à Presidência da República, pode determinar de que modo será nosso futuro. Parece exagero, mas a facada desferida contra o candidato Jair Bolsonaro foi, é, será, um divisor de águas das próximas eleições e, já de imediato, atingiu em cheio a campanha de Geraldo Alckmin. 

Armas
Entre os candidatos, Alckmin era o que tinha Bolsonaro como maior objeto estratégico de ataque na campanha. E a moralidade brasileira, ou a hipocrisia, como se sabe, mesmo com Bolsonaro sendo, antes do ataque, líder absoluto de rejeição, não lida bem com ataques a vítimas. O candidato ganhou um quê de mártir, mesmo entre quem não exatamente simpatiza com ele. Nasce certo constrangimento para atacá-lo, mesmo que, cheio de equipamentos  hospitalares, já esteja fazendo pose para fotos simulando apontar armas.

Como continuar atacando um candidato que agora aparece como paciente, num leito de um hospital, com uma bolsa de colostomia com fezes pendente no abdômen e que não poderá continuar fazendo sua campanha? Usar o argumento de que ele plantou vento e colheu tempestade, por pregar armas e violência e ter sido atacado, pode pegar muito mal, para a moralidade cristã brasileira e para a correção política dos candidatos. 

Sensuais
Dizer ao eleitor que o candidato do PSL foi vítima do seu discurso se aproxima, moralmente, do argumento de quem diz que mulheres com roupas sensuais assumem riscos de serem estupradas. Ambos os argumentos culpam a vítima. E quem, em plena caça de votos, vai encarar o risco das interpretações negativas do eleitor? A faca ditará o rumo da campanha e fará os candidatos pisarem em ovos quanto ao concorrente hospitalizado. Também ressoará para sempre nas interpretações do resultado das urnas. Se Bolsonaro for bem na eleição, opositores dirão que a faca foi a responsável pelo sucesso. Se for mal, apoiadores dirão que a facada o derrotou. Com direito a teorias conspiratórias, dos dois lados.

As labaredas do Museu apagaram não toda a história brasileira, mas 200 anos de registros dela, o que é um buraco jamais tapável. A facada em Bolsonaro, por sua vez, desenhou no presente e no futuro, um cenário eleitoral de ficção no país. Os dois candidatos líderes na pesquisas estão agora afastados corporalmente de suas campanhas, ambos impossibilitados de se comunicar com seus eleitores por uma questão que diz muito sobre a ideia que o país tem de si mesmo e que o resto do mundo também compartilha. Somos um grande e ininterrupto caso de polícia. Lula está preso, na cadeia, condenado pela Justiça. Bolsonaro, preso a um leito de hospital, esfaqueado. A palavra-chave crime está determinando o tom e o rumo da campanha, para o bem ou para o mal. Isso diz muito sobre o estado de saúde da política brasileira.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/temer-ressalta-forca-e-estabilidade-das-instituicoes-em-pronunciamento/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sessao-do-tj-ba-e-suspensa-apos-confusao-e-retirada-de-advogado/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-o-clipe-da-cantora-argentina-lali-em-parceria-com-pabllo-vittar/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-sabia-que-o-ford-mais-vendido-na-america-do-sul-e-feito-na-bahia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mostra-multimidia-homenageia-os-40-anos-do-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/igreja-transmite-momento-em-que-pastor-e-baleado-em-culto-veja/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/camera-de-shopping-flagrou-conversa-de-empresario-que-matou-jogador-e-testemunhas/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/prepare-a-maratona-cinco-series-da-netflix-para-ver-apos-o-enem/