Equipes já resgataram 29 corpos de vítimas do acidente aéreo em Mianmar

mundo
08.06.2017, 11:47:00
Atualizado: 08.06.2017, 11:48:37

Equipes já resgataram 29 corpos de vítimas do acidente aéreo em Mianmar

Os destroços do aparelho e os corpos foram achados 22 quilômetros a oeste de Kyauk Nimak, onde continuam as buscas pela parte principal do avião

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pelo menos 29 corpos foram recuperados nesta quinta-feira (8) pelas equipes de resgate em águas próximas a Dawei, no Sudeste de Mianmar, onde um avião militar caiu na quarta-feira (7) no mar, com 122 pessoas a bordo.

Os corpos de um homem, 20 mulheres e oito crianças foram transportados em uma embarcação da Marinha que participa da missão, junto com partes da aeronave.

Equipes já resgataram 29 corpos de vítimas do acidente aéreo em Mianmar (Foto: AFP)

Os destroços do aparelho e os corpos foram achados 22 quilômetros a oeste de Kyauk Nimak, onde continuam as buscas pela parte principal do avião, de acordo com o Escritório Central do Exército, que atualiza as notícias pelo facebook. O gabinete do presidente manifestou, em nota, condolências aos parentes e amigos das vítimas. A informação é da Agência EFE.

O avião, modelo Y-8F-200 de fabricação chinesa, partiu ontem de Myeik e seguia para Rangum, a maior cidade do país. Ele desapareceu do radar depois de percorrer aproximadamente 100 quilômetros, quando estava perto de Dawei.

De acordo com a nota oficial mais recente, 108 passageiros, entre militares e familiares, e 14 membros da tripulação viajavam no avião. O Y-8F-200 foi entregue às Forças Armadas em março do ano passado e tinha 809 horas de voo.

Pelo menos nove barcos da Marinha e três aviões participam dos trabalhos de busca, bem como um número não informado de barcos pesqueiros.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas