Escritor Edgard Abbehusen terá coluna no CORREIO

entretenimento
11.06.2020, 06:00:00
Atualizado: 11.06.2020, 09:31:52
Edgard Abbehusen (Divulgação)

Escritor Edgard Abbehusen terá coluna no CORREIO

Textos serão publicados aos domingos, mas a estreia será nesta sexta (12), para celebrar o Dia dos Namorados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ele começou no Instagram em 2016 e, em um mês, tinha dez mil seguidores. Um ano depois, chegou a cem mil. Hoje, já são 986 mil. E a partir desta sexta-feira  (12), o escritor baiano Edgard Abbehusen, 31 anos, terá uma coluna semanal no site do CORREIO. Na estreia, que sai excepcionalmente numa sexta-feira, ele vai fazer uma homenagem aos namorados, para celebrar a data. E a partir do dia 21, vai publicar regularmente, todos os domingos um novo texto.

A chegada de Edgard ao site integra o projeto Correio de Amor, que vai presentear casais com um almoço especial no Dia das Namorados. O concurso aceitou inscrições até o último domingo. Os três casais mais votados vão receber ainda cartas especiais do novo colunista do CORREIO.

O escritor festeja a chegada ao site:

“Estar no CORREIO é uma espécie de validação da minha carreira como escritor e chegar ao jornal é o passo mais importante da minha carreira até aqui. Além de tudo, estou conquistando meu espaço num veículo baiano. Recebi propostas para ir pra fora da Bahia, mas eu sempre quis ter espaço na minha terra”, diz Edgard, que é de Muritiba, no Recôncavo Baiano.

Uma outra novidade: no Instagram do CORREIO, os leitores vão poder ver parte dos textos de Edgard, lidos por ele próprio em vídeo, antecipando um pouco do que estará na coluna dele. O formato é inédito na carreira do escritor, mas ele diz que já vinha se preparando para isso e o convite do site veio na hora certa:

“Eu resisti por um tempo a fazer vídeos, porque não quero que minha imagem tenha mais destaque que meus textos. Mas eu vinha me preparando para fazê-los e já tinha equipamentos em casa para vídeos. Aí, apareceu o CORREIO, que parecia que estava adivinhando meu plano”.

No Instagram, se tornou muito popular a série de posts que fez em homenagem às mulheres. Ao lado do nome de uma delas, vinha um texto ressaltando suas qualidades. Assim fez com Fernanda, Juliana, Mariana... o sucesso foi tanto que, às vezes, ele recebia mais de 200 pedidos para que escrevesse sobre um determinado nome. Das redes sociais, ele partiu para os livros e em 2017 lançou Quem Tem Como Me Amar não Me Perde em Nada, pela editora Villardo. No ano passado, saiu O Que Tiver De Ser, Amar, pela mesma Villardo. 

Agora, Edgard se prepara para lançar, no dia 2 de julho, seu terceiro livro, Acredite na Sua Capacidade de Superar, que sai pela editora Planeta. Já em pré-venda, a publicação reúne, segundo o autor, “crônicas poéticas”.  Embora seja fã de poesia e de poetas como Fernando Pessoa (1888-1935), Edgard acredita que ainda não está maduro o suficiente para escrever textos desse gênero, por isso ainda prefere a prosa. Os textos do novo livro falam dos assuntos que ele costuma abordar no Instagram, como relacionamentos, família e amigos.

E, embora, ele tenha uma base de leitores criada nas redes sociais, diz que seus seguidores fazem questão de adquirir o livro impresso:

“Me surpreendi desde o primeiro livro. Não entendia como funcionava o mercado editorial, mas hoje tenho consciência de que as pessoas gostam de prestigiar o autor, de comprar o livro. Já passei seis horas dando autógrafos em lançamento de livro”.

Capa do livro de Edgard que sai no dia 2 de julho

Para celebrar o lançamento da coluna, nesta quinta-feira (11), às 18h, o escritor participa de live no Instagram do CORREIO, às 18h. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas