Escritor revela como quarentena pode contribuir para a espiritualidade

entretenimento
11.08.2020, 06:00:00
As ilustrações são de Lu Mori

Escritor revela como quarentena pode contribuir para a espiritualidade

Livro "É Tempo de... 40 Reflexões Sobre a Quarentena", de Sérgio Perez, será publicado no Instagram

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A quarentena tem deixado muita gente abalada emocionalmente e são muitos os relatos de angústia, solidão e ansiedade nestes quase cinco meses. Mas Sergio Perez, empresário e engenheiro mecânico baiano que estreou na literatura há dois anos, prefere aproveitar o período para encontrar alguma perspectiva: “Desde as primeiras informações sobre a covid-19, eu já questionava como esse momento tão grave e profundo contribuiria para o despertar da espiritualidade do ser humano”, reflete o escritor de 60 anos.

Foi a partir daí que ele começou a escrever algumas “pílulas” de pensamentos. Quando se deu conta, tinha material suficiente para escrever um livro. Mas, diante do isolamento social e da dificuldade de vender produtos impressos, a editora Fábrica das Letras propôs um formato diferente: em vez de publicar no papel, o livro É Tempo de...40 Reflexões sobre a Quarentena vai ser revelado aos poucos, no Instagram @fabricadasletraseditora, onde será publicada, a cada dia, uma dessas pílulas.

Sérgio Perez (foto: divulgação)

“Este projeto nos permite experimentar o uso da literatura numa rede social volátil como o Instagram. Acho extremamente estimulante investirmos em novas frentes de leitura”, justifica Antonio Moreno, que coordena a publicação e é diretor da Fábrica das Letras.

O primeiro post vai ao ar nesta quinta-feira, quando também acontecerá uma live no canal Fábrica das Letras Editora, no YouTube, às 20h. Sérgio Perez vai participar de um bate-papo com o público e será entrevistado pela jornalista Mira Silva, da Rede Bahia. Durante a live, as pessoas poderão comprar a versão do livro em PDF. 

O preço será revelado ao vivo e o valor arrecadado com as vendas será encaminhado a uma entidade beneficente, cujo nome também será revelado na live. As ilustrações são de Lu Mori e a concepção gráfica é da designer Iansã Negrão, editora de arte do CORREIO. Em breve, sairá a versão impressa, para aqueles que ainda dão valor ao formato físico.

Catarse
Sérgio Perez, que se identifica como budista, diz que o livro é uma espécie de catarse e ali estão ideias que ajudam o leitor a tirar algo positivo da quarentena. “É tempo de deixar apegos e expandir amores”, diz uma das frases. “É tempo de parar de procurar lá fora o que só encontramos dentro de nós”, diz outra.

“Depois que passar a quarentena, espero que possamos validar os aspectos positivos deste período e a gente possa ver realmente o que é essencial em nossas vidas”, diz o autor. “Neste período, aprendi o valor da vida social: somos interdependentes, não somos nada sem o outro. A pandemia nos obriga a viver no nosso silêncio e encarar a verdade”, acrescenta.

Na live de quinta-feira, Sérgio vai falar sobre o processo de criação do livro. “Foi lindo. Por isso, quero falar do amor que tenho pelas pessoas que fizeram o livro comigo. Principalmente, quero falar de renascimento, porque temos falado muito de morte”.

Sérgio, que é empresário do ramo de importação de equipamentos industriais, não tem o objetivo de ter renda pessoal com a literatura. Por isso, desde o seu primeiro livro, A Lagarta Que Sonhava Voar (Solisluna), ele destina os valores das vendas a entidades beneficentes.

Com aquela publicação, passou por escolas onde contava a história às crianças e, através de campanhas criadas pelos colégios, coletava alimentos para instituições beneficentes. Quando a quarentena terminar, pretende fazer o mesmo com É Tempo de...

É Tempo de...40 Reflexões sobre a Quarentena 

Autor: Sérgio Perez
Editora: Fábrica das Letras
Preço: a definir (edição em PDF). No Instagram, será publicado gratuitamente no perfil @fabricadasletraseditora    
Lançamento: Quinta-feira, 20h, no Canal de Youtube da Fábrica das Letras Editora


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas