Espetáculo irônico ensina como se tornar estúpido em 60 minutos

entretenimento
03.08.2018, 13:00:00
Rafael Medrado é o protagonista do espetáculo, que inicia temporada no sábado (04) (Foto: Divulgação)

Espetáculo irônico ensina como se tornar estúpido em 60 minutos

Comédia é baseada no best-seller do autor Martin Page

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ele sofre por saber demais e por pensar demais. Assim é o protagonista do espetáculo Como Se Tornar Estúpido em 60 Minutos. A peça, que entra em cartaz amanhã, às 20h, no Teatro Sesi Rio Vermelho, traz o ator Rafael Medrado na pele do personagem baseado no best-seller do autor Martin Page. Os ingressos ficam por R$ 40 e R$ 20. 

Infeliz por sua compulsão em racionalizar e compreender tudo e a todos, o protagonista tenta, de diversas formas, “se tornar estúpido” para alcançar um pouco de paz e felicidade em um mundo repleto de problemas que não podem ser solucionados com rapidez. 

Misturando a experiência pessoal do ator e do escritor, o espetáculo, que continua aos sábados e domingos do mês, aborda, com tons de comédia e sarcasmo, as tentativas de um ser humano que tenta fechar os olhos para o conhecimento.

“A peça não pode ser levada ao literal. É tudo uma grande ironia sobre como saber mais é sempre sofrer mais, porém só sofrendo é que podemos ter mais alegria, por nos direcionar a maiores soluções”, pontua o artista, que produziu a dramaturgia com João Sanches – com quem produziu o espetáculo Egotrip (2017) – e divide o palco com o músico Leonardo Bittencourt. 

Com temáticas que vão desde a política até os relacionamentos amorosos, a peça formula uma espécie de aula performática e traz um mural que vai sendo colorido com ideias, até chegar a uma imagem final que pode surpreender.

Convidando espectadores de todos os gêneros e faixas etárias, Medrado deixa a promessa de identificação para todos. “É uma divertida reflexão sobre os intrigantes condicionamentos e neuroses do mundo atual. Mas é também sobre essa importância do saber”, conta. “É tudo sobre grana hoje em dia. Se aquele conhecimento não dá dinheiro fácil, muitos ignoram. Mas é aí que perdemos mais de tudo, inclusive de dinheiro”, reflete.

SERVIÇO
Teatro Sesi Rio Vermelho.
Aos sábados e domingos do mês, às 20h.
Ingresso: R$ 40 | R$ 20.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas