Estádio ainda não inaugurado sediará final do Mundial de Clubes

esportes
30.09.2019, 14:49:12
Atualizado: 30.09.2019, 15:14:38
(Foto: LOC/Fifa/Divulgação)

Estádio ainda não inaugurado sediará final do Mundial de Clubes

Fifa anunciou que Estádio da Cidade da Educação, em Doha, receberá grande decisão, em dezembro de 2019

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Estádio da Cidade da Educação, em Doha, foi escolhido para abrigar a final do Mundial de Clubes 2019, que acontecerá durante o mês de dezembro. A Fifa anunciou, nesta segunda-feira (30), a escolha pelo local. 

Com capacidade para 40 mil espectadores, o espaço ainda não foi inaugurado. Além da grande decisão, também sediará a estreia do Liverpool no torneio, na semifinal do dia 18, e a disputa pelo terceiro lugar. O primeiro jogo, aliás, é na data em que comemora-se o Dia Nacional do Catar.

"A inauguração do Estádio da Cidade da Educação marcará outro grande marco no caminho para a realização do evento principal do futebol internacional. Todos no Catar sentirão imenso orgulho quando esta obra-prima arquitetônica for apresentada no Dia Nacional do nosso país, durante o prestigioso Mundial de Clubes da FIFA e exatamente três anos antes da final do Catar em 2022", disse Hassan Al Thawadi, secretário-geral do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2022.

O campeão da Copa Libertadores - que será decidido no dia 23 de novembro e pode ser Flamengo, Grêmio, Boca Juniors ou River Plate - fará sua estreia no dia 17 de dezembro, em outro local: o Estádio Internacional Khalifa. Lá, também acontecerá o duelo pelo quinto lugar do Mundial. O espaço também fica em Doha e tem capacidade para 40 mil espectadores. Foi inaugurado em 1976 e reaberto em 2017 após obras para a Copa do Mundo de 2022.

O estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, com capacidade para 12 mil pessoas, receberá os outros jogos do Mundial de Clubes 2019.

Primeiro, a abertura, no dia 11 de dezembro, entre o Al Sadd, campeão nacional do país-sede, e o Hienghène Spor, da Nova Caledônia, representante da Oceania. Depois, o vencedor do duelo encara o Monterrey, do México.

Há ainda, pela outra chave, o confronto entre o Espérance, da Tunísia, e o campeão da Champions da Ásia, que ainda está acontecendo. O Al Sadd é um dos semifinalistas da competição continental e, caso ganhe, mudará sua estreia para a terceira partida, contra o Espérance. Assim, o jogo de abertura seria entre o Hienghène Spor e o vice-campeão asiático.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas