Estilista cria imagens que refletem o minimalismo do momento

entretenimento
19.09.2020, 11:00:00

Estilista cria imagens que refletem o minimalismo do momento

Ensaio de Aládio Marques estimula o consumo consciente, mais adequado à pandemia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O grande impacto da pandemia tem sido a mudança na nossa forma de viver, de nos relacionar com a natureza, com nós mesmos e com os outros. O momento que estamos passando é um convite para reavaliação de muitas prioridades, atitudes e até o consumo.  A moda não está ilesa a isso tudo.

O estilista baiano Aládio Marques (@aladiomarques) tem usado o período de desaceleração provocada pela quarentena para refletir sobre questões pessoais. “Estou quebrando muros, pouco a pouco, e entendendo mais sobre meu interior. Um ato de amor próprio e de autoafirmação. Meu primeiro desbloqueio foi me enxergar de uma maneira mais amável, o que me levou a pensar: o que me faria mais feliz comigo mesmo?", questiona. E a resposta chega: "Juntar meu trabalho com meu bem estar pessoal”, conta.

E foi dessa vontade que nasceu esse manifesto fashion, feito a partir de imagens de moda concebidas por ele mesmo. O estilista também é o próprio o modelo do editorial, fotografado dentro de sua casa, pelo fotógrafo Lucas Assis (@assislucas). A proposta é defender uma moda minimalista, valorizando a alfaiataria atemporal, cores leves e tecidos orgânicos como o linho e um menor impacto na natureza. Essa combinação reflete sua vida profissional, na qual os tecidos e cortes se entrelaçam criando novas texturas e formas. Os discos de madrepérola, brincos e colares dourados, usados no styling, remetem à sutileza da religião de matriz africana.

“O poder de mudar os processos começa por nós, produtores. Não podemos exigir e nem colocar a responsabilidade total no consumidor final, pois não cabe somente a ele ter essa consciência sustentável. Cabe também a nós, produtores, sermos parte desse processo", explica Aládio. E você, já pensou em como quer ver a moda no futuro? Qual o seu papel em todo esse ciclo? Confira as imagens poéticas que são uma chamada à reflexão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas