'Eu tenho obrigação em ajudar, fazer isso', diz Popó

esportes
06.04.2020, 06:00:00
Atualizado: 06.04.2020, 23:11:57
As mãos de Popó, que já derrubaram muita gente nos ringues, se abrem agora para a solidariedade (Marcelo Lélis/Ag. Pará/Divulgação)

'Eu tenho obrigação em ajudar, fazer isso', diz Popó

Tetracampeão lembra de tempos em que passava fome para explicar leilão de cinturão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Acostumado a entrar nos ringues e encarar grandes adversários, o ex-pugilista baiano Acelino Freitas, o Popó, decidiu comprar outra briga: a de quem está passando fome durante a pandemia do novo coronavírus.

Desde o início do surto da doença no Brasil, Popó tem ajudado com doações a instituições carentes. Agora, ele resolveu desfazer de um de seus troféus para ajudar quem precisa.

Em suas redes sociais, Popó anunciou o leilão de um item que, para ele, tem um enorme peso sentimental. O ex-lutador vai abrir mão do cinturão de campeão mundial que conquistou em 2002, ao vencer o cubano Joel Casamayor, em uma luta que teve 12 assaltos eletrizantes. A ideia de Popó é usar o dinheiro arrecadado para comprar cestas básicas.

Em contato com o CORREIO, o campeão mundial explicou a ação e não escondeu a emoção. “É só eu lembrar que um dia alguém matou a minha fome. Quando eu olho para trás e lembro que alguém me ajudou... Eu lembro que a gente às vezes não tinha o que comer, ficava na porta de casa sentado e vinha uma senhora e trazia um resto de comida, alguém trazia um pão e dava pra gente. Isso não é nada mais que obrigação minha. Eu tenho obrigação em ajudar, fazer isso”, disse ele antes de concluir:

 “Quantas vezes eu lutei no Balbininho e as pessoas pagaram ingresso para me assistir? As pessoas ligadas na televisão às 2h, 3h da manhã para me assistir. Então, é obrigação minha retribuir tudo isso, a torcida, as orações. Eu me sinto na obrigação de dar esse retorno para essa nação nossa que está precisando”.

O anúncio do leilão foi feito no último sábado, com lance inicial de R$ 20 mil. Ontem, pelo menos três interessados já haviam se manifestado e o lance já está em R$ 31 mil. Segundo Popó, o leilão será feito através de mensagem na rede social, mas ele alerta que não vai esperar muito tempo.

“A minha rede social que eu tenho mais visualizações e seguidores é o Instagram (@popofreitas), são quase 300 mil seguidores. Então, eu lancei no Instagram que vou fazer esse leilão. Três pessoas já deram lances, já chegou a 31 mil, mas eu não posso demorar tanto porque quem está com fome não pode esperar. Acho que até o próximo domingo eu já encerro. Quem der mais nas redes sociais eu mando os dados da minha conta, pego o endereço e envio o cinturão pelos Correios para a pessoa”, explica Popó.

“Tem uma pessoa que entrou em contato comigo que trabalha com leilão e me perguntou se poderia colocá-lo em um site, eu permiti. Mas de antemão, vai ser nas minhas redes sociais. Uma pessoa do Japão ofereceu R$ 25 mil, uma pessoa de Belém do Pará deu R$ 30 mil, e outra pessoa de Fortaleza deu R$ 31 mil”, revela.

Popó conta que já sabe bem o que vai fazer com o valor arrecadado no leilão. A ideia dele é comprar cestas básicas e distribuir em comunidades carentes de Salvador.

“Eu já fiz algumas doações, umas 300 cestas básicas para asilos, e álcool também. Mas eu quero ir em comunidades carentes. Eu peço ao líder comunitário que me dê o nome das pessoas mais necessitadas para que a gente possa ir na casa entregar. Eu fiz assim ontem (sábado) lá no Pela Porco. Procurei saber quem eram as pessoas mais necessitadas e entreguei 50 cestas básicas. Tem muita gente do trabalho informal que está em casa. O cara que vende picolé, a mulher que vende cerveja, quem vende água na sinaleira... Essa galera tá passando fome. É esse pessoal que eu quero ajudar”, conta.

Peso sentimental 
Apesar de representar um dos seus principais títulos, Popó conta que não pensou duas vezes na hora de leiloar o cinturão conquistado sobre Casamayor. O baiano diz que não tem problema em se desfazer do bem material, já que a vitória em cima do cubano já está marcada na história.

“O valor sentimental do cinturão não tem preço. Mas o material do cinturão se desgasta. Eu usei esse cinturão há 18 anos, ganhei em 2002. Não é que seja um cinturão velho, é um cinturão de campeão mundial. Eu posso até pegar esse bem material e fazer o leilão, mas a lembrança de que eu fui campeão mundial pela Associação Mundial de Boxe ninguém pode apagar. Ninguém tira. Faço questão de doar o cinturão, até porque quando eu morrer não vou levar nada”, explica Popó.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/editorial-fotografado-a-distancia-une-tres-paises-na-quarentena/
O ensaio foi realizado pela plataforma Zoom, usando celular
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-de-marrom-a-bahia-tambem-ensina-ao-mundo-como-cantar-e-dancar-forro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/copo-de-leite-faz-haddad-acusar-bolsonaro-de-brindar-supremacistas-brancos-entenda/
Leite tem sido usado como símbolo por neonazistas nos EUA; petista enxergou provocação após repercussão de mortes de homens negros. Presidente nega
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anastacia-comemora-80-anos-com-muito-forro/
Cantora e compositora lança EP com produção de Zeca Baleiro e parcerias com Mariana Aydar, Chico César e Amelinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nizan-guanes-vai-entrevistar-roberto-medina-abilio-diniz-e-washington-olivetto/
As entrevistas são parte do Sunday Night Live que o publicitário tem realizado em sua conta do Instagram
Ler Mais