EUA, Canadá e México vão sediar Copa do Mundo de 2026

esportes
13.06.2018, 08:12:49
Atualizado: 13.06.2018, 12:21:39
(Divulgação)

EUA, Canadá e México vão sediar Copa do Mundo de 2026

Votação aberta aconteceu nesta quarta-feira (13) e teve participação de associações de futebol

Pela primeira vez, três países vão ser sede, ao mesmo tempo, da Copa do Mundo. A novidade vai acontecer no Mundial de 2026, quando a América do Norte (Canadá, Estados Unidos e México) vai receber os jogos da disputa. A votação aconteceu nesta quarta-feira (13), em Moscou.

A candidatura é liderada pelos EUA e recebeu 134 votos, contra 65 votos do Marrocos, que perdeu, pela quinta vez, a oportunidade de sediar o torneio. Além da mudança na sede, a Copa de 2026 também terá outras novidades, como mais participantes, mais jogos e mais estádios.

Serão 48 participantes, divididos em 16 grupos de três. O novo formato da Copa do Mundo vai obrigar a Fifa a redesenhar as Eliminatórias, já que todas as confederações terão mais vagas do que têm hoje.

A maior parte dos jogos será disputada nos EUA, que vai abrigar 60 das 80 partidas. As 20 restantes serão divididas igualmente entre Canadá e México.

A votação pela sede foi aberta pela primeira vez, e aconteceu com a participação de associações nacionais de futebol. As sedes dos Mundiais de 1990 a 2022 foram escolhidos pelo 24 integrantes do Comitê Executivo da Fifa (hoje rebatizado de Conselho da Fifa).

O pleito ocorreu durante o Congresso Anual da Fifa. Os norte-americanos usaram uma cartada que agradou e entidade organizadora da Copa: a promessa de uma receita recorde de US$ 15 bilhões (cerca de R$ 55 bilhões), quase três vezes o que se obteve no Brasil em 2014. 

A votação ainda cumpriu um plano do presidente da Fifa, Gianni Infantino, de levar o Mundial para os EUA, país que o apoiou para assumir o comando da entidade em 2016. Numa tacada só, ele retribuiu sua eleição, compensou os americanos pela derrota na disputa pela Copa de 2022 e ainda criou um compromisso do governo dos EUA de não atacar sua entidade. 

Depois da polêmica e suspeita de compra de votos para a Copa de 2022, a Fifa reformou seu processo de eleição. Até agora, quem votava eram apenas os 24 membros do Comitê Executivo da entidade - o órgão caiu em descrédito e foi substituído pelo Conselho da Fifa. Desta vez, as 209 federações votaram e o resultado foi publicado.

Bastidores
Marrocos, em sua última apresentação diante dos eleitores, tentou insistir no aspecto emocional, alertando que a decisão não pode ser apenas financeira. Um dos ministros marroquinos também acompanhou a delegação, dando garantias financeiras. Mas ele também apontou que as armas estão proibidas no país, num ataque aos americanos. Outra arma usada: a acusação diante dos eleitores de que um garoto americano não saberia quem seria Maradona. 

Já nos bastidores, os marroquinos também tentaram insistir no fato de que a candidatura unida não seria tão unida, diante da tensão hoje existente entre o presidente americano, Donald Trump, e seus vizinhos. 

Como resposta, a candidatura americana usou um jogador canadense, que chegou como refugiado, para romper com a imagem de racismo ou xenofobia do governo de Trump. As referências aos imigrantes, união e solidariedade se repetiam. Brianna Pinto, jogadora americana, fez referência à sua boa relação com atletas iranianas. Mas não convenceu. 

Os americanos também insistiram que, pela infraestrutura que o continente dispõe, a Copa poderia ocorrer lá a qualquer momento. "Já está tudo pronto. Não precisamos construir nada", apontou um vídeo da candidatura. Além disso, a receita da Copa no Marrocos seria menos da metade daquela que os americanos garantiriam. 


Relacionadas
Correio.play
Além disso, 455 pessoas foram conduzidas para depoimentos e outros 266 apreendidos
Ler Mais
Não há previsão de quando o serviço vai ser retomado
Ler Mais
Confira seis projetos que apoiam pacientes com câncer de mama em Salvador
Ler Mais
Cartão contém os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova,
Ler Mais
Para acompanhar demanda, produção de caprinos cresce quase 8% na Bahia; conheça os benefícios dos produtos
Ler Mais
Veja dicas para manter sua reputação profissional nas redes sociais sem deixar de expor suas ideias
Ler Mais
Especialistas em empreendedorismo dão dicas de como definir metas, estudar o cenário e desenvolver um bom planejamento pensando no ano que vem
Ler Mais
Estilo Montessoriano favorece o desenvolvimento da criança desde os primeiros anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-video-eduardo-bolsonaro-diz-que-nunca-defendeu-fechar-stf/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-se-alguem-falou-em-fechar-o-stf-precisa-consultar-psiquiatra/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/desinformacao-deliberada-ha-de-ser-combatida-diz-rosa-weber/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fhc-diz-que-declaracoes-de-filho-de-bolsonaro-cheiram-a-fascismo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/basta-um-soldado-e-um-cabo-para-fechar-stf-disse-filho-de-bolsonaro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tse-prepara-anuncio-de-medidas-de-combate-as-fake-news-neste-domingo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/startups-do-desafio-acelerese-mostrarao-o-quanto-evoluiram-em-12-semanas/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/espetaculo-do-mundo-bita-chega-a-salvador-cheio-de-novidades/