Ex-jogador Edílson é preso por não pagar pensão alimentícia

salvador
26.03.2014, 17:05:00
Atualizado: 26.03.2014, 18:47:02

Ex-jogador Edílson é preso por não pagar pensão alimentícia

Ele foi detido em cumprimento a dois mandados de prisão em aberto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foi preso na tarde desta quarta-feira (26) o ex-jogador Edílson da Silva Ferreira, o Edílson Capetinha. O ex-atleta e empresário foi detido em cumprimento a dois mandados de prisão em aberto expedidos pela Justiça do Distrito Federal. A prisão foi feita enquanto Edilson passava pela avenida Anita Garibaldi, em Salvador. 

A delegada Neide Barreto, coordenadora geral da Polícia Interestadual (Polinter), confirmou a prisão do ex-jogador. "Ele foi preso sim. Não houve resistência. A gente já vem trabalhando e acompanhando o caso desde dezembro do ano passado. Tivemos algumas dificuldades em encontrá-lo nos endereços informados. Através da diligência de hoje, conseguimos agir", disse a delegada ao Correio24horas.

Os familiares do empresário e ex-atleta, que já passou pela Seleção brasileira e por times como Vitória, Bahia e Corinthians, foram informados sobre prisão. Edilson está detido na sede da Polinter, no Complexo dos Barris.

Ex-jogador foi encontrado pela polícia na avenida Garibaldi (Foto: Arquivo CORREIO)

* Iago Ribeiro é participante do programa Correio de Futuro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas